Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
LANÇAMENTO

UMA NOSTÁLGICA VIAGEM COM WADO AO VIOLÃO

Terceiro single do novo álbum de Wado, “Arcos” dá pistas do que esperar de “A Beleza Que Deriva do Mundo, Mas a Ele Escapa”; confira clipe

Por Maylson Honorato | Edição do dia 30/07/2020

Matéria atualizada em 30/07/2020 às 15h28

Mesmo reconhecido por seus experimentos rítmicos, Wado se desafia com álbum sem percussões
Mesmo reconhecido por seus experimentos rítmicos, Wado se desafia com álbum sem percussões - Foto: Felipe Camelo
 

Catarinense mais alagoano do Brasil, Wado lançou mais um single e clipe nos últimos dias, na contagem regressiva para o aguardado “A Beleza Que Deriva do Mundo, Mas a Ele Escapa”, novo álbum do artista, com lançamento previsto para o início de setembro. “Arcos” é o terceiro single do disco e exibe uma viagem nostálgica ao violão, com a participação de Felipe De Vas e Yo Soy Toño. A faixa é mais uma pista desse universo estético inédito do álbum, o primeiro construído sem percussões na carreira do artista.

Wado está às vésperas de comemorar duas décadas de carreira, com uma trajetória musical respeitada em todo o Brasil. Aos 43 anos, o cantor e compositor de Florianópolis - que mora em Alagoas desde os 8 anos de idade - já lançou 8 álbuns. O último, “Precariado”, foi lançado em 2018. No vindouro “A Beleza Que Deriva do Mundo, Mas a Ele Escapa”, o artista se desafiou a trabalhar sem qualquer elemento de percussão, mesmo sendo conhecido por seus experimentos rítmicos.

“É um disco só de harmonias, que acabam sugerindo os ritmos”, comentou o artista. “É um grande desafio sim fazer canções que sejam fortes por si só”, completou.

Pelo visto, o desafio foi cumprido.

“Arcos” é uma das poucas faixas do álbum em que o próprio Wado gravou o violão. Composta em parceria com Thiago Silva, a música traz um olhar afetivo, delicado e lúdico sobre a infância.

“São camadas muito abstratas de como a gente vive nossos primeiros anos e de como a gente rememora essa vivência”, comenta Wado, “a canção versa sobre a consciência e a transformação da consciência. É sobre como isso vai se cristalizando no passar dos anos, como você vai virando outras pessoas e como você olha para seu eu anterior”.

Felipe De Vas participa da faixa e comentou sobre sua segunda parceria com Wado
Felipe De Vas participa da faixa e comentou sobre sua segunda parceria com Wado - Foto: Divulgação
 

A música marca o reencontro de Wado com De Vas, de quem ele produziu o primeiro álbum, Gravidade (2015) ao lado de Dinho Zampier (que toca piano em Arcos). Já a parceria com Antonio Oiticica (nome por trás da alcunha Yo Soy Toño) é inédita em sua discografia. “Os dois são muito queridos e sou muito fã da arte deles”, conta Wado, “Toño tem essa coisa madura, de estudar muito os acordes, e o Felipe tem esse punch popstar. Achei que nessa canção eles poderiam contribuir muito, e de fato contribuíram”.”Virou um retrato da nova cena alagoana”, comenta o músico.

Falando em nova cena musical alagoana, Felipe De Vas é outro artista que vem se destacando nos últimos anos. O cantor comentou a participação no single de Wado e destacou que a parceria é artisticamente revigorante.

“Trabalhar com o Wado é sempre sentir que estamos indo além da própria música, é um trabalho de redescoberta, de uma fuga dos padrões musicais, é um artista tão único que a sensibilidade é renovadora e altamente viciante. Dialogar com o Wado artisticamente é um prazer dos grandes”, disso.

ESTREIA DE ARCOS

É a primeira parceria de Wado com Yo Soy Toño
É a primeira parceria de Wado com Yo Soy Toño - Foto: Laura Fragoso
 

A faixa “Arcos” está disponível em todas as plataformas digitais. Já o clipe da canção, uma intensa e bucólica incursão à infância, estreou no site especializado “Tenho Mais Discos Que Amigos” (tenhomaisdiscosqueamigos.com), no canal do selo LAB344 no YouTube.

Sobre a parceria, Yo Soy Toño destacou que Wado é uma das suas referências musicais e ainda aumentou as expectativas sobre o novo álbum do catarinense.

“Lembro que o convite do Wado pra participar da música Arcos foi em alguma festa em Maceió. E o sentimento que tive foi também de alegria, festejo, porque eu cresci indo aos shows dele, ouvindo suas músicas, sendo fã. É muito massa poder agora cantar junto no novo single e ainda mais estar entre os convidados desse novo disco, que tem tudo pra ser um dos grandes lançamentos de 2020.”

Além de Arcos, o novo álbum já ganhou outros dois singles: Faz Comigo, em parceria com FLORA; e Nina, com participação de Lucas Santtana e que atingiu recentemente a marca de 100 mil reproduções no Spotify. Os singles chegaram acompanhados de videoclipes, todos disponíveis no YouTube.

 

Mais matérias desta edição