Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Caderno B

Prêmio Sesc de Literatura recebe inscrições até sexta-feira (19)

Escritores podem concorrer com obras inéditas, nas categorias Conto e Romance; inscrições são gratuitas

Por Editoria de Cultura | Edição do dia 17/02/2021

Matéria atualizada em 16/02/2021 às 20h52

Tônio Caetano, um dos vencedores de 2020, evidencia que o prêmio é um dos mais relevante do país
Tônio Caetano, um dos vencedores de 2020, evidencia que o prêmio é um dos mais relevante do país | Diego Lopes/Divulgação

As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura, um dos mais importantes do país e consagrado na distinção de escritores inéditos, continuam abertas até o dia 19 de fevereiro. Obras ainda não publicadas podem ser inscritas nas categorias Romance e Conto. Os interessados devem concluir o processo de inscrição, que é gratuito e online, pelo site. O regulamento completo também pode ser acessado em www.sesc.com.br/premiosesc.

Ao oferecer oportunidades aos novos escritores, o Prêmio Sesc de Literatura impulsiona a renovação no panorama literário brasileiro e enriquece a cultura nacional. Os vencedores têm suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de 2 mil exemplares. Desde a sua criação em 2003, mais de 16 mil livros foram inscritos e 31 novos autores foram revelados.

A parceria com a editora Record contribui para a credibilidade e a visibilidade do projeto, pois insere os livros na cadeia produtiva do mercado livreiro. “Vamos para mais um ano, agora a 18ª edição, e apesar de estarmos ainda na pandemia, seguimos fortes com todo o processo e planejamento para revelar novos escritores. A premiação foi criada em 2003 e se consolidou como a principal do país para autores iniciantes. No ano passado, foram inscritos 1.358 livros, sendo 692 romances e 666 contos”, explica o analista de Literatura do Departamento Nacional do Sesc, Henrique Rodrigues.

De acordo com a instituição, o processo de curadoria e seleção das obras é criterioso e democrático. Os livros são inscritos pela internet, gratuitamente, protegidos por pseudônimos. Isso impede que os avaliadores reconheçam os reais autores, evitando qualquer favorecimento. Os romances e contos são avaliados por escritores profissionais renomados, que selecionam as obras vencedoras pelo critério da qualidade literária.


Tônio Caetano, um dos vencedores de 2020, evidencia que o prêmio é um dos mais relevante do país
Tônio Caetano, um dos vencedores de 2020, evidencia que o prêmio é um dos mais relevante do país - Foto: Diego Lopes/Divulgação
 

A relevância do Prêmio Sesc de Literatura também pode ser medida por meio do sucesso dos seus vencedores, que vêm sendo convidados para outros importantes eventos internacionais, como a Primavera Literária Brasileira, realizada em Paris, o Festival Literário Internacional de Óbidos, em Portugal, e a Feira do Livro de Guadalajara, no México.

Vencedores 2020

No ano passado, os vencedores foram Caê Guimarães, do Espírito Santo, na categoria Romance, por ‘Encontro você no oitavo round’, e Tônio Caetano, do Rio Grande do Sul, na categoria Conto, por ‘Terra nos Cabelos’, reafirmando o aspecto de diversidade do projeto em descobrir talentos de todo país.

Em 17 anos de prêmio, diversos autores foram descobertos e se consolidaram na literatura nacional, graças ao incentivo da Instituição, entre eles Juliana Leite, Rafael Gallo, Luisa Geisler, André de Leones, Franklin Carvalho, Sheyla Smanioto e Lúcia Bettencourt.

Mais matérias desta edição