Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Cidades

CIEE: vagas de aprendizagem e estágio devem chegar a 85 mi

Levantamento divulgado pelo Centro de Integração Empresa-Escola prevê crescimento de 6% em relação a este ano

Por Redação | Edição do dia 30/11/2019

Matéria atualizada em 29/11/2019 às 21h29

Programa do Aprendiz é um projeto que insere o jovem no mercado de trabalho
Programa do Aprendiz é um projeto que insere o jovem no mercado de trabalho - Foto: Divulgação
 

Os últimos meses do ano e o primeiro trimestre do seguinte são sinônimos de oportunidade para jovens de todo País. Isso porque muitos estudantes concluem a graduação ou o período de dois anos de contrato de estágio se encerra (conforme previsto na Lei do Estágio), dando lugar a novos profissionais no mundo do trabalho. Baseado nessa sazonalidade, o Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE estima que serão abertas mais de 85 mil vagas de estágio e aprendizagem só no primeiro trimestre de 2020.         

O superintendente Nacional de Operações do CIEE, Marcelo Gallo, destaca que o momento de procurar o primeiro emprego ou estágio é esse. “Nesse momento, de fim e começo de ano, as empresas estão em planejamento de quadro de funcionários. É um período interessante para quem busca uma inserção no mundo do trabalho”, explica. “Estudante, não deixe de nos procurar! A hora é agora”, frisou. Segundo Gallo, percebe-se uma recuperação no número de vagas de estágio ofertadas, sendo o maior número de posições abertas desde 2014. 

Para Humberto Casagrande, superintendente Geral do CIEE, a perspectiva de crescimento reflete um momento de otimismo do mercado, porém ainda preocupante, uma vez que a taxa de desemprego entre a população de 18 a 24 anos supera o dobro da média geral, com 25,7% (segundo o IBGE). “A nossa aposta continua sendo o Programa do Aprendiz que, com medidas administrativas necessárias, teria maior adesão. É um projeto que não só insere o jovem no mundo do trabalho, mas se preocupa em formar cidadãos”, explica, referindo-se às soft skills não desenvolvidas com a formação técnica e mecânica.

Sobre o estágio, Casagrande destacou os benefícios de se ter um estagiário na companhia, no sentido de que, uma vez dentro da empresa, ele traz frescor, novas ideias e ajuda as instituições a dialogarem com o jovem. “É uma forma de falar a mesma linguagem desse universitário, de entender o seu comportamento”. 

De acordo com o BEM, o Boletim Estatístico Mensal do CIEE, os cursos de maior procura para estágio no Ensino Superior são Direito, Pedagogia e Administração. Para conferir as vagas de estágio e aprendiz disponíveis pelo CIEE, basta acessar o site oficial, ciee.org.br. O cadastro, bem como todos os serviços oferecidos aos estudantes e aprendizes, é gratuito.

Mais matérias desta edição