Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Cidades

ESTADO REGISTRA MAIS 110 CASOS E CINCO MORTES POR COVID-19

Total de infectados chega a 89.192 e óbitos totalizam 2.162; mais de 86 mil pacientes já se curaram

Por Jamylle Bezerra | Edição do dia 16/10/2020

Matéria atualizada em 15/10/2020 às 22h51

| Thomas Peter/Reuters

Alagoas registrou 110 novos casos e cinco mortes por Covid-19 em 24 horas, conforme Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) nessa quinta-feira (15). Com isso, o Estado passa a somar 89.192 infectados e 2.162 óbitos pela doença. Atualmente, 765 pessoas que testaram positivo para Covid-19 estão em isolamento domiciliar. Outros 86.212 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados. Há, ainda, 2.674 casos em investigação laboratorial. Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Dos 2.162 óbitos por Covid-19, oito eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 2.154 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 1.209 eram do sexo masculino e 945 do sexo feminino. Eram 983 pessoas que residiam em Maceió e as outras 1.171 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

ÓBITOS

No boletim desta quinta-feira (15), mais cinco mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus. Uma vítima de Maceió, do sexo masculino, de 70 anos, tinha diabetes e doença cardiovascular e faleceu no Hospital Arthur Ramos.

A Covid-19 vitimou mais quatro pessoas que moravam no interior do Estado, sendo duas mulheres e dois homens. A mulher de 65 anos, de Penedo, era hipertensa e morreu no Hospital Chama, em Arapiraca; e a mulher de 67 anos, de Rio Largo, era diabética e morreu no Hospital Universitário de Maceió. Em relação aos óbitos do sexo masculino, o homem de 84 anos, de Porto Real do Colégio, não tinha comorbidades e morreu no Hospital de Cirurgia de Aracaju (SE); o homem de 76 anos, de Arapiraca, diabético, morreu no Hospital Regional de Arapiraca.

Mais matérias desta edição