Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Cidades

MAIS DE 8 MIL PESSOAS DEIXARAM DE TOMAR 2ª DOSE DA VACINA NO ESTADo

Secretaria de Saúde apela para que população procure os locais de vacinação para tomar o reforço

Por regina carvalho | Edição do dia 13/04/2021

Matéria atualizada em 12/04/2021 às 22h50

| Ascom Sesau

Ainda dá tempo de tomar a segunda dose da vacina contra a Covid. Sem esse reforço, não haverá proteção contra a doença. O esclarecimento em tom de apelo é da Secretaria de Saúde de Maceió que contabilizou até o último sábado (10) 5, 5 mil faltosos. Em Arapiraca, esse número pode chegar a 3 mil. Mais de 8 mil pessoas - nas duas maiores cidades alagoanas - podem ter deixado de se imunizar. “A SMS tem divulgado os números de faltosos e, por meio de redes sociais e imprensa, feito o alerta da necessidade de se tomar a segunda dose para concluir o esquema de imunização. Só uma dose não vai proteger da Covid-19”, esclarece a Secretaria Municipal de Saúde. Segundo a SMS, os faltosos podem tomar a segunda dose a qualquer momento, precisam apenas respeitar a data e faixa etária para a imunização. “Estamos em 60 anos ou mais para idosos; então, acima dessa idade, pode procurar os pontos fixos, assim como trabalhadores de saúde, que hoje estão em 40 ou mais”, acrescenta a SMS. “Cada município vai adotar uma estratégia própria para que as pessoas tomem a segunda dose, seguindo o que recomenda o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde. Acreditamos que algumas pessoas tomaram as doses em municípios diferentes, por isso aparecem como faltosos. Somente um levantamento de cada municipio, fazendo o cruzamento, pode mostrar os números exatos”, explica Kathleen Moura, assessora técnica do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL). Em Arapiraca, segundo a prefeitura, parte da população acima de 72 anos que tomou a Coronavac já está no prazo para receber a segunda dose da vacina atrasado ou para atrasar. “Em Arapiraca, 6.056 idosos com essa faixa etária tomaram a primeira dose da Coronavac. Desses, apenas 3 mil tomaram a segunda dose. Ou seja, 3.056 pessoas precisam prestar atenção no cartão de vacinação, pois podem estar com a 2ª dose da vacina atrasada”, informa a prefeitura. O intervalo entre as doses da Coronavac é de até 28 dias, situação que não se aplica para quem tomou a AstraZeneca, cujo prazo é de 3 meses.

Mais matérias desta edição