Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Cidades

SOBE PARA 12 NÚMERO DE CASOS DE INFECÇÃO PELA VARIANTE DELTA EM AL

No total, já foram identificados 361 infectados por mutações do coronavírus no Estado

Por regina carvalho | Edição do dia 18/09/2021

Matéria atualizada em 17/09/2021 às 21h32

| : Divulgação

Boletim epidemiológico especial do Ministério da Saúde mostra que Alagoas já registra doze casos de infecção pela variante Delta do coronavírus. O Estado – que até o início deste mês tinha cinco registros – aparece como terceiro com maior número na região Nordeste, atrás apenas da Paraíba com 127 e do Ceará com 122. No total, foram identificadas 361 infectados por variantes do coronavírus em Alagoas, a maioria do tipo Gamma com 348, além um da Alpha. De acordo com o boletim do MS, Pernambuco registra 34 casos, seguido do Maranhão com sete, a Bahia tem três assim como o Rio Grande do Norte. Já no Piauí e em Sergipe nenhum confirmado até agora. De 3 de janeiro a 11 de setembro 2021, quando encerrou a Semana Epidemiológica (SE) 36, foram observados 24,1 mil registros de casos da Covid-19 pelas variantes de atenção e/ou preocupação (VOC) e suas respectivas sublinhagens. Quatro delas (0,01%) da VOC Beta (São Paulo e na Bahia); 4.309 (17,82%) do tipo Delta (e suas sublinhagens), identificada em 24 estados; 453 (1,87%) da VOC Alpha em 18 estados e 19,4 mil (80,30%) da Gamma (e suas sublinhagens) em todos os estados brasileiros. O Ministério da Saúde esclarece que o Sars-Cov-2, assim como outros vírus, sofre mutações esperadas e para avaliar a caracterização genômica, na rede de vigilância laboratorial de vírus respiratórios do MS, existe um fluxo de envio para os laboratórios de referência. Até o início deste mês a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) tinha encontrado a variante Delta em Maceió, Marechal Deodoro e Palmeira dos Índios. Em relação à identificação de casos da variante de atenção e/ou preocupação (VOC) Delta, foram observados 4,3 mil registros no País, dos quais, 4,8% (207) são de casos importados, provenientes de locais com circulação ou de casos que tiveram vínculo com alguém que esteve nessa área de circulação; 78,2% (3.370) sem vínculo com área de circulação; 14,9% (640) são casos com investigação epidemiológica em andamento e 2,1% (92) sem possibilidade de informação de vínculo. A VOC Alfa já foi notificada em 193 países; a Beta em 142 países; Gama em 96 países e VOC Delta registrada em 180 países.

Mais matérias desta edição