Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Ufal

REITOR CONFIRMA CORTE DE R$ 13 MILHÕES NO ORÇAMENTO

Orçamento discricionário reduzirá de R$ 100 milhões para R$ 87 mi

Por arnaldo ferreira | Edição do dia 23/10/2021

Matéria atualizada em 22/10/2021 às 20h43

Com relação ao orçamento de 2022, o reitor da Ufal confirmou mais cortes na ordem de R$ 13 milhões no orçamento total, que apresentou um pequeno crescimento por conta do aumento dos salários nas folhas de pagamentos dos ativos e aposentados. Outro dado preocupante, o orçamento discricionário também será reduzido de R$ 100 milhões para R$ 87 milhões. A pandemia do coronavírus também deixa sequelas dramáticas no plano didático. O primeiro semestre deste ano começou no dia primeiro deste mês. Boa parte das aulas nos 102 cursos será no modelo híbrido. No entanto, os coordenadores dos cursos preveem aulas presenciais para alunos de graduação, como as atividades experimentais, pesquisas de campo, aulas laboratoriais. A maioria dos coordenadores, professores, alunos e o próprio reitor manifesta o desejo de retomar às atividades presenciais. Contudo, os 45 mil integrantes da comunidade da Ufal revelam que as aulas presenciais dependem de duas coisas: primeiro, a garantia de biossegurança na relação com a pandemia porque as informações estatísticas são conflitantes, sem falar que boa parte dos alunos ainda não completou a imunização com as duas doses das vacinas ou com a dose única da Janhsem. A questão da biossegurança é considerada como fundamental tanto na presença dentro das salas de aulas como nos transportes dos alunos. Cerca de 7 mil estudantes dependem de transporte das prefeituras.

Mais matérias desta edição