Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Saúde

VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE MACEIÓ APREENDE CERCA DE 300 KG DE ALIMENTOS ESTRAGADOS

.

Por Rayssa Cavalcante | Edição do dia 29/06/2022

Matéria atualizada em 29/06/2022 às 01h33

Dentre os produtos inadequados estavam frango, carne bovina, linguiça e laticínios
Dentre os produtos inadequados estavam frango, carne bovina, linguiça e laticínios | Vigilância Sanitária de Maceió

Cerca de 300 quilos de alimentos estragados foram apreendidos no último sábado (25) e domingo (26), pela Vigilância Sanitária, em Maceió. As fiscalizações ocorreram em bairros das partes baixa e alta da capital, entre eles Tabuleiro do Martins, Benedito Bentes I e II, Levada e Jacintinho. Segundo a Vigilância Sanitária, os fiscais do órgão verificaram as condições de armazenamento, refrigeração, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos. Dentre os produtos inadequados estavam frango, carne bovina, linguiça e laticínios. "Diariamente, a Vigilância Sanitária desenvolve um trabalho educativo de fiscalização nos estabelecimentos da cidade. Aos finais de semana reforçamos esse trabalho com o objetivo de minimizar os riscos sanitários provenientes de alimentos comercializados fora do prazo de validade”, disse o coordenador do órgão, Airton Santos. Devido às irregularidades, os locais onde houve o recolhimento dos alimentos impróprios para consumo foram notificados e poderão receber multa que varia de R$ 180 a R$ 19 mil, a depender da gravidade do caso. Os alimentos apreendidos foram encaminhados ao descarte no aterro sanitário de Maceió. A população pode denunciar irregularidades pelo telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24h, todos os dias, para o recebimento de mensagem.

Mais matérias desta edição