Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Pesquisa

PREÇOS DE PRODUTOS JUNINOS TÊM DIFERENÇA DE ATÉ 1.300% EM MACEIÓ

De acordo com levantamento, produtos como guardanapos comercializados na capital estão variando entre R$ 0,89 e R$ 12,50

Por Carlos Nealdo | Edição do dia 10/06/2021

Matéria atualizada em 09/06/2021 às 20h27

Pesquisa do Procon Maceió verificou preços de mais de 80 produtos vendidos em Maceió
Foto:@Ailton Cruz
Pesquisa do Procon Maceió verificou preços de mais de 80 produtos vendidos em Maceió Foto:@Ailton Cruz | @Ailton Cruz

Os preços de produtos juninos comercializados em Maceió estão apresentando uma variação de até 1.304%, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (9), pelo órgão de defesa do consumidor (Procon) de Maceió. De acordo com a pesquisa, produtos como guardanapos comercializados em estabelecimentos da capital estão variando entre R$ 0,89 e R$ 12,50. O levantamento mostra ainda que produtos como maçã estão variando entre R$ 4,99 e R$ 16,79 o quilo - uma diferença de 236,4%. Já o vinho branco pode ser encontrado nos supermercados pesquisados com preços que variam entre R$ 12,99 e R$ 54,99 - uma alta de 323,3%. Produtos tipicamente do período junino também apresentaram grande variação de preços, como é o caso do chapéu de palha feminino, que registraram preços entre R$ 5,79 e R$ 19,95 - uma variação de 287,5%. Tiaras juninas apresentam uma variação de 287,5%, enquanto balões grandes aparecem com disparidade de 338,4%.

O Procon ressalta que a pesquisa, realizada esta semana, tem como objetivo alertar os consumidores sobre a importância de pesquisar antes de realizar qualquer compra.“Antes de qualquer compra, é recomendado que o consumidor compare os preços dos produtos e, quando o pagamento for em dinheiro, solicite sempre descontos”, recomenda o diretor executivo do órgão, Leandro Almeida Jesus.

“Em caso de problema com qualquer fornecedor, a população deve denunciar ou reclamar ao órgão para que as demandas solicitadas e feitas às empresas sejam resolvidas”, acrescenta. Foram pesquisados mais de 80 produtos, distribuídos em diversas categorias, como alimentos, roupas e acessórios para festa e fogos de artifícios. Além dos supermercados, o levantamento pesquisou o preço da mão de milho nos bairros do Prado e Jacinto. Nesses dois locais, os preços variam entre R$ 30 e R$ 45.

Mais matérias desta edição