Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5715
Imobiliário

PREÇO DOS IMÓVEIS EM MACEIÓ TEM A 4ª MAIOR ALTA DO PAÍS

.

Por Hebert Borges | Edição do dia 03/02/2023

Matéria atualizada em 03/02/2023 às 04h00

O levantamento aponta que o bairro de Jacarecica tem o metro quadrado mais caro da capital alagoana
O levantamento aponta que o bairro de Jacarecica tem o metro quadrado mais caro da capital alagoana | Darcio Monteiro

O preço de venda de imóveis residenciais em Maceió teve a quarta maior alta do Brasil em janeiro entre as capitais pesquisadas pelo índice FipeZAP+, divulgado nesta quinta-feira (2). A alta em janeiro foi de 1,1%. Em nível nacional, a foi de 0,30% em janeiro. A alta acumulada nos últimos doze meses é de 12,61%. O preço médio do metro quadrado em janeiro na capital alagoana foi de R$ 7.181. O levantamento aponta que o bairro de Jacarecica tem o metro quadrado mais caro da capital alagoana, com custo médio de R$ 8.802. Logo em seguida aparece Pajuçara, onde o metro quadrado custa, em média, R$ 8.657. Fechando o ranking está o bairro de Ponta Verde, com custo de R$ 7.966. Nos últimos doze meses, no entanto, Cruz das Almas foi o bairro com maior alta no preço médio do metro quadrado, com avanço de 24,7%. O custo médio no bairro litorâneo é de R$ 7.232. Em todo o Brasil, o aumento ficou acima do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), indicador considerado a inflação do aluguel, que em janeiro foi de 0,21%, mas abaixo da prévia do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), indicador considerado a inflação oficial do país, que ficou em 0,55% no mês. De acordo com o FipeZap+, houve aumento do preço médio do metro quadrado (m²) em 43 das 50 cidades monitoradas - das 16 capitais incluídas, apenas Vitória, no Espírito Santo, registrou recuo no mês. O índice FipeZap+ acumulado em 12 meses ficou 5,91% em janeiro, superando a inflação medida tanto pelo IGP-M (3,79%) quanto pelo IPCA-15 (5,80%).

Mais matérias desta edição