Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

CSA enfrenta CRB em busca da classificação para a semifinal

Vitória no Clássico das Multidões é crucial para Azulão avançar; Galo já garantiu vaga na próxima fase

Por Luiz Caldas | Edição do dia 31/07/2020

Matéria atualizada em 30/07/2020 às 17h15

Maceió, 09 de fevereiro de 2020
Lance do jogo entre CRB X CSA. Partida válida pela 3ª rodada da Copa do Nordeste, realizada no Estádio Rei Pelé. Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
Maceió, 09 de fevereiro de 2020 Lance do jogo entre CRB X CSA. Partida válida pela 3ª rodada da Copa do Nordeste, realizada no Estádio Rei Pelé. Alagoas - Brasil. Foto: Ailton Cruz | Ailton Cruz ;Ailton Cruz

O retorno do Campeonato Alagoano não foi o esperado para o CSA, que viajou para Arapiraca, onde enfrentou e perdeu para o ASA, por 2x0. A derrota deixou o Azulão em uma situação delicada, necessitando da vitória sobre o CRB para se classificar para as semifinais.

O famoso Clássico das Multidões promete abalar as estruturas do Estádio Rei Pelé, palco onde será sediará o confronto entre os gigantes alagoanos, nesta sexta-feira (31), às 20 horas, sem a presença de público. No primeiro confronto entre ambos neste ano, deu empate, por 1x1, na Copa do Nordeste.

CSA

A derrota para o ASA foi um banho de água fria para o CSA, contrastando a boa vitória sobre o ABC por 2x0, pelo Nordestão. Embora tenha repetido o estilo ofensivo contra o Alvinegro arapiraquense, a bola não entrou e toda a ofensividade acabou deixando brechas no setor defensivo, sendo aproveitadas pelo Fantasma.

Após a partida, o técnico Eduardo Baptista, em entrevista coletiva, comentou sobre as condições do campo do Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca: “Apresentamos poucas jogadas por ali [pelo meio] porque estava difícil de jogar. Foi um pedido nosso que criassem pelas laterais”.

O Azulão é o 3º colocado na tabela, com dez pontos, e, se contra o ASA, entrou com um time mesclado, contra o maior rival a tendência é que o time azulino seja o titular. Mas Baptista afirmou que a ideia seria preservar alguns jogadores, devido ao pouco intervalo para recuperação.

Uma provável escalação do CSA é: Thiago Rodrigues; Norberto, Alan Costa, Leandro Castán, Diego Renan; Yago, Márcio Araújo, Nádson; Allano (Rodrigo Pimpão), Rafael Bilu, Alecsandro (Michel Douglas).

CRB

A volta dos jogos no CRB começou com desconfiança, após a eliminação na Copa do Nordeste, na derrota para o Ceará, por 2x1. No jogo contra o Coruripe, que marcou a volta do Regatas no Alagoano, o time pareceu finalmente ter se encontrado: teve mais ritmo de jogo, foi mais dominante dentro de campo, sem deixar espaços para o Coruripe.

Com a vitória em cima do Hulk, o CRB assumiu, até o início da 7ª rodada, a liderança da tabela com 13 pontos, superando o Murici, com 12.

Nesta sexta, o Alvirrubro entra em campo contra o maior rival, CSA. Mesmo já classificado para as semifinais, a partida será importante para definir qual será adversário do CRB na próxima fase.

Em coletiva pós-jogo, o técnico Marcelo Cabo elogiou a evolução da equipe da derrota para o Ceará até a vitória em cima do Coruripe: “A demanda de jogos é muito importante para atingirmos o que não conseguimos durante a intertemporada, mas temos que estar alinhados junto ao departamento médico e com os preparadores físicos para termos uma boa performance e não ocasionar lesões nos atletas”.

Uma possível escalação do CRB é: Victor Souza; Lucas Mendes, Ewerton Páscoa (Xandão), Gum, Igor Caríus; Carlos Jatobá, Claudinei, Diego Torres; Erik, Léo Gamalho e Luidy (Magno Cruz).

O trio de arbitragem responsável por comandar o Clássico das Multidões é encabeçado por Márcio dos Santos Oliveira e seus auxiliares são: Esdras Mariano de Lima e Brígida Cirilo de Ferreira.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição