Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

Verdão: ex-presidente provoca o São Paulo

Paulo Nobre usou as redes sociais para fazer uma provocação, especialmente ao seu antigo desafeto, o também ex-mandatário do rival, Carlos Miguel Aidar

Por GLOBOESPORTE.COM | Edição do dia 31/07/2020

Matéria atualizada em 30/07/2020 às 17h13

Ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre provocou o São Paulo, após eliminação no Paulistão
Ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre provocou o São Paulo, após eliminação no Paulistão | Reprodução/Instagram

Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras, usou as redes sociais para fazer uma provocação pela eliminação do São Paulo no Paulistão, especialmente ao seu antigo desafeto, o também ex-presidente do rival, Carlos Miguel Aidar.

Nobre postou a foto de uma penca de bananas e na legenda comemorou a classificação do Palmeiras. Na sequência, ele também provocou Aidar, sem citá-lo, mas lembrando a desavença entre eles em 2014.

“Ufaaa passamos para a semifinal do PAULISTÃO, mas mesmo não jogando bem nem apresentando um futebol envolvente e bonito, temos muita chances de sermos campeões, é só não perder o foco! Agora a “maldição do quitandeiro” é no mínimo hilária! Zombou do PALMEIRAS..... agora engole o sol de bananas, sem engasgar!”, escreveu ele.

A polêmica ocorreu no dia 29 de abril de 2014, quando os dois eram presidentes dos clubes vizinhos de centro de treinamento na Barra Funda. Na ocasião, havia uma rixa entre eles por conta da transferência de Alan Kardec, que defendia o Palmeiras emprestado pelo Benfica e acabou sendo contratado pelo São Paulo na sequência.

Paulo Nobre reclamou de falta de ética de Aidar. O troco veio em entrevista coletiva. O então presidente do São Paulo chegou à sala de imprensa com um cacho de bananas e comeu algumas delas antes de dizer que a manifestação do palmeirense “era patética e que o Verdão se apequenava ano após ano”.

Essa não é a primeira vez que Nobre faz esse tipo de provocação a Carlos Miguel Aidar. No ano passado, ele lembrou novamente o episódio das bananas após uma vitória do Palmeiras no clássico contra o rival.

Mais matérias desta edição