Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

Covid: clubes oferecem estádios para vacinação

Crystal Palace, Leeds United, Chelsea e Manchester City colocaram suas instalações à disposição do Serviço Nacional de Saúde

Por GLOBOESPORTE.COM | Edição do dia 12/01/2021

Matéria atualizada em 11/01/2021 às 18h43

Selhurst Park, casa do Crystal Palace, é um dos estádios cedidos ao combate ao coronavírus na Inglaterra
Selhurst Park, casa do Crystal Palace, é um dos estádios cedidos ao combate ao coronavírus na Inglaterra | Reprodução/Twitter

Crystal Palace, Leeds United e Manchester City colocaram neste domingo suas instalações à disposição como centros de vacinação e treinamento contra a Covid-19. Além deles, o Chelsea também disponibilizou o Copthorne Hotel, localizado em Stamford Bridge, para profissionais que atuam na linha de frente da pandemia.

O Reino Unido iniciou a vacinação ainda em dezembro de 2020. Começando por profissionais de saúde e idosos, mais de 1,2 milhão de pessoas já foram vacinadas na Inglaterra até o momento.

O Selhurst Park, estádio do Crystal Palace, já tinha sido oferecido ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, em inglês) no início da pandemia, em março de 2020. A estimativa é que a arena se torne um dos maiores centros de vacinação de Londres. O Elland Road, estádio do Leeds United, também vai hospedar um centro de vacinação.

Além deles, o Manchester City ofereceu o Etihad Stadium para treinamentos dos profissionais de saúde, e o Chelsea disponibilizou o hotel do clube para que os atuantes na linha de frente da pandemia possam se acomodar, uma vez que o país entrou novamente em lockdown.

O proprietário do clube londrino, Roman Abramovich, irá cobrir os custos de alojamento e o café da manhã da equipe até meados de fevereiro.

Mais matérias desta edição