Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

CSA perde para o Paraná e embola disputa pelo G-4: 2 a 0

Mesmo com o revés na Vila Capanema, Azulão segue no G-4; Jean e Renan Bressan marcaram os gols da vitória do Tricolor da Vila

Por Daniel de Oliveira | Edição do dia 13/01/2021

Matéria atualizada em 12/01/2021 às 22h30

Azulão até teve mais posse de bola, mas viu o Tricolor da Vila ser mais eficiente
Azulão até teve mais posse de bola, mas viu o Tricolor da Vila ser mais eficiente | Rui Santos/Paraná Clube

A noite dessa terça (12) não foi boa para o CSA. O time marujo foi derrotado pelo Paraná na Vila Capanema por 2 a 0 e abriu mais ainda a disputa pelo G-4. Jean e Renan Bressan anotaram os gols do triunfo tricolor. A partida foi válida pela 34ª rodada da Série B.

Mesmo com o resultado adverso, o time alviceleste segue na 4ª colocação, com uma vitória a mais que o quinto colocado Juventude, que soma os mesmos 52 pontos do Azulão. O Tricolor da vila, por sua vez, continua no Z-4, com 36 pontos.

O jogo também marcou a centésima atuação de Luciano Castán com a camisa azulina. O capitão chegou à equipe do Mutange em 2019.

Agora, o esquadrão marujo se prepara para receber o Avaí no sábado (16) às 16h30, no Rei Pelé. O Tricolor da Vila, por sua vez, irá encarar o Sampaio Corrêa no Castelão de São Luís um dia antes, às 19h15 . As partidas serão válidas pela 35ª rodada.

Primeiro tempo

O Azulão não se intimidou e partiu para cima dos donos da casa, mas viu os paranistas abrirem o placar aos 7’. Renan Bressan cruzou rasteiro da direita para dentro da área, Filemon afastou mal e o lateral Jean pegou a sobra e mandou para o fundo das redes.

Com a desvantagem no marcador, o Azulão tentou ser mais agudo. Cedric assustou a zaga tricolor aos 17’, quando aproveitou um rebote numa cobrança de escanteio, finalizou e tirou tinta da barra.

O Tricolor da Vila conseguiu marcar o segundo aos 24’. Em cobrança de falta, o experiente Renan Bressan caprichou e anotou mais um tento para os donos da casa.O time marujo até tentou reagir, mas o nervosismo fez a equipe ficar impaciente dentro de campo.

Mesmo com a grande posse de bola que teve, a equipe alviceleste não conseguiu ser eficiente. O árbitro mineiro acrescentou mais três e a primeira parte terminou aos 48’ com o Paraná vencendo por 2 a 0.

Etapa complementar

A conversa no vestiário pareceu surtir efeito e o Azulão voltou para a segundo tempo amassando o Paraná. O time marujo teve a sua melhor chance no jogo aos 3’, quando Cedric levantou uma bola que cruzou toda a área e achou Rafael Bilu, que explodiu a trave tricolor.

Atrás no placar, o Azulão se lançou ao ataque durante toda a segunda etapa, mas o Tricolor conseguiu se segurar e garantir a vitória. O árbitro deu o seu último apito aos 50’, selando o triunfo dos donos da casa por 2 a 0.

CSA - Matheus Mendes; Norberto (Cedric), Rodolfo Filemon (Gabriel), Luciano Castán e Diego Renan; Geovane, Yago e Nadson (Rodrigo Andrade); Rafael Bilu (Andrigo), Rodrigo Pimpão (Rone) e Paulo Sérgio. Técnico: Mozart.

Paraná - Renan; Paulo Henrique, Rafael Lima, Fabrício e Jean; Karl, Higor Meritão e Renan Bressan (Kazu); e Thiago Alves (Juninho); Gabriel Pires (Kaio) e Bruno Lopes (Bruno Gomes). Técnico: Márcio Coelho.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição