Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

Com show de Bruno Mota, CSA goleia Coruripe: 5 A 0

Meio campista marcou três vezes e, junto a Norberto e Pimpão, garantiu o massacre e a liderança provisória; Azulão grande atuação, Azulão soma 11 pontos

Por Daniel de Oliveira | Edição do dia 08/04/2021

Matéria atualizada em 06/04/2021 às 23h29

Time azulino dominou os alviverdes e sacramentou a goleada no segundo tempo
Time azulino dominou os alviverdes e sacramentou a goleada no segundo tempo | Ailton Cruz

A torcida azulina se despediu dessa terça (6) com um sorriso no rosto. A goleada CSA de 5 a 0 sobre o Coruripe no Rei Pelé garantiu a liderança provisória do Alagoano. Bruno Mota marcou três vezes e, junto de Norberto e Pimpão, garantiu o triunfo alviceleste na 6ª rodada.

Com este resultado, a equipe maruja soma 11 pontos e seca CRB e Aliança para continuar no topo da tabela. O time do litoral sul alagoano, com 4, se aproximou da zona da degola. O Hulk ocupa a 7ª posição.

Agora, o Azulão se prepara para visitar o Sampaio Corrêa no próximo sábado (10), às 16h, pela Copa do Nordeste e busca a vitória no MA para avançar às oitavas.

Já o Hulk se prepara para encarar o duelo alviverde no Gérson Amaral pelo Alagoano contra o Murici. O jogo será no próximo dia 17, um sábado, pela 7ª rodada.

Primeiro tempo

A partida iniciou em um ritmo bastante lento nos primeiros 20 minutos. Isso se deu pela postura do Coruripe, que entrou com 3 zagueiros e trancou o ferrolho na defesa. Com a dificuldade, a ofensiva maruja utilizou a posse de bola na tentativa de penetrar a área alviverde.

Foi somente após os 35’ que a equipe maruja conseguiu penetrar a área alviverde. Isso levou a um estresse maior do setor defensivo do time do litoral sul, o que culminou no acontecimento que mudou a partida: a expulsão de Álvaro.

Com a vantagem numérica, o Azulão encontrou mais espaço ainda e conseguiu abrir o placar nos acréscimos. Bruno Mota, na meia lua, chutou forte e acertou onde a coruja dorme aos 48’. Um minuto após o golaço, o árbitro, apitou o fim do 1º tempo.

Segundo tempo

O Hulk voltou para a etapa complementar com a mesma proposta, mas, com um a menos, não conseguiu preencher os espaços como antes. Assim, o Azulão conseguiu ampliar aos 16’. Ítalo levantou a redonda no meio do samba e encontrou Bruno Mota, que entrou no meio dos zagueiros e balançou o barbante de cuca legal.

A exposição ficou mais evidente ainda após os 26’, quando o Azulão dois gols em apenas 3 minutos. Norberto chutou de longe, despretensioso, mas o goleiro Erick aceitou. Logo após, aos 29’, foi a vez de Bruno Mota completar o seu truque da cartola,: anotou outro de cabeça e chegou ao seu 3º gol.

O time marujo continuou em cima e deu sequência ao massacre quando o relógio marcou 35 minutos. Bruno Mota participou novamente e encontrou Pimpão sozinho na área, que só teve o trabalho de estufar as redes alviverdes. O Azulão seguiu dominando o Hulk na reta final e trocou figurinhas até praticamente o fim da partida, aos 48’.

CSA - Darley; Zé do Carmo, Tito, Geovane e João Victor; Silas (Norberto), Marquinhos (Dellatorre), Ítalo (Gabriel) e Bruno Mota; Silvinho (Pimpão) e Aylon (Marco Túlio).

Coruripe - Erick; João Felipe, Jessé, Zé Rafael, Elton e Jordan; Álvaro, Polinho (Gustavo), Leandro Sardinha (Rafinha) e Hudson (Maycon); Everson.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição