Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Bom momento

CSA: Retrospecto melhor que times que lutam contra Z-4

Em dez jogos disputados até o momento contra essas equipes, Azulão venceu nove e perdeu apenas um

Por Rafael Reis e Raphael Alves | Edição do dia 22/10/2021

Matéria atualizada em 21/10/2021 às 20h01

Neste sábado (23), o Azulão recebe o Operário-PR, no Estádio Rei Pelé, às 19h, pela 31ª rodada da Série B
Neste sábado (23), o Azulão recebe o Operário-PR, no Estádio Rei Pelé, às 19h, pela 31ª rodada da Série B | André Jonsson / OFEC

O CSA se prepara para enfrentar o Operário-PR pela 31ª rodada da Série B. Além do bom retrospecto do Azulão contra o Fantasma, o torcedor azulino pode se apegar a mais um dado importante. Nesta edição da Segundona, o CSA tem um retrospecto extremamente favorável contra times que brigam contra o rebaixamento.

Para definir os times desta análise, foram utilizados dados do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Por mais que alguns times ainda tenham chances matemáticas de descenso, deixamos de fora o Remo e as equipes acima e contamos do Brusque para baixo na tabela.

Até o momento, o CSA disputou dez jogos contra Brusque, Operário-PR, Ponte Preta, Londrina, Vitória, Confiança e Brasil-RS e conquistou a marca expressiva de nove vitórias nesses confrontos. É um aproveitamento de 90%, tendo conquistado 27 pontos em 30.

Não é à toa que o Azulão deixou a briga contra o Z-4 para trás, após chegar a ser vice-lanterna da competição.

A única derrota contra esses adversários foi contra a Ponte Preta, pela 8ª rodada, em Campinas. Após isso, venceu a Macaca em Maceió, o Brusque por duas vezes, o Londrina duas vezes e o Operário-PR, Vitória, Confiança e Brasil-RS no primeiro turno.

Neste sábado (23), o Azulão recebe o Operário-PR, no Estádio Rei Pelé, às 19h, pela 31ª rodada da Série B. Com 45 pontos conquistados até o momento, o CSA é o 8º colocado na tabela, cinco a menos que o Avaí, primeiro do G-4 e que ainda joga na rodada.

COMO MANDANTE

O CSA atingiu a melhor sequência como mandante na Série B, chegando à marca de três jogos em casa sem perder. O último duelo em casa foi contra o Brusque, onde o Azulão emplacou um chocolate de 4x1 e levou a melhor. Com a vitória, o time atingiu os 9 pontos, dos 9 possíveis. Sob o comando do técnico Mozart, o clube tem um bom aproveitamento e precisa se apegar aos bons resultados para conquistar a tão sonhada vaga no G4 e, consequentemente, na Série A.

O Azulão vem passando por uma fase complicada, já que com 45 pontos, é o oitavo colocado e preocupa a torcida, pois restam só sete rodadas até o fim da competição e os próximos confrontos serão complicados para a equipe azulina.

Mesmo com a constante espetacular, o Azulão tem apenas 16,1% de chances de garantir o acesso. Com esta estatística, o time precisa vencer o Operário para tentar ao menos respirar o cangote do G4 e esperar pelo deslize dos times melhores colocados.

O maior rival do CSA, o CRB está em 5º lugar. Com uma campanha pior em casa, o Alvirrubro tem somente uma vitória no retrospecto de cinco jogos disputados e é o melhor visitante, porém, em casa a coisa muda: o CRB é somente o 13º terceiro, na lista dos melhores anfitriões da temporada.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição