Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Altas expectativas

CRB só teve dois atacante com melhor atuação que Anselmo, desde 2018

Daquele ano para cá, apenas Léo Gamalho e Léo Ceará tiveram médias de gols maiores que a do novo camisa nove do Galo

Por Rafael Reis | Edição do dia 14/01/2022

Matéria atualizada em 13/01/2022 às 18h27

Anselmo Ramon em seu primeiro contato com o gramado do CT Ninho do Galo para treinos
Anselmo Ramon em seu primeiro contato com o gramado do CT Ninho do Galo para treinos | Nathália Lopes/CRB

Com o fim da novela e do mistério, após o CRB ter anunciado a contratação de seu novo camisa 9, no caso, Anselmo Ramon, o centroavante, enfim, chegou ao clube nessa quarta-feira (12), já esteve no CT Ninho do Galo, para conhecer as instalações e fez o seu primeiro treino nesta quinta-feira(13). Mas, uma curiosidade: em relação aos últimos centroavantes do Galo, como foi o desempenho de Anselmo nos últimos anos?

A Gazeta de Alagoas resolveu investigar e analisar os números do atleta desde a sua volta ao Brasil, em 2018, e comparar com os principais centroavantes que defenderam a camisa regatiana neste período.

Em 2018, Anselmo acertou sua chegada ao Guarani, após um período defendendo clubes chineses. Desde então, defendeu, também, as cores do Vitória e da Chapecoense, onde teve maior destaque.

No período analisado, Anselmo Ramon entrou em campo em 127 partidas pelos três clubes, disputando, principalmente, as Séries B e A. Nesse período de tempo, o novo jogador do Galo marcou 29 gols, tendo uma média de 0,22 gols por jogo. Para efeito de comparação, seu agora companheiro de clube Nicolas Careca entrou em campo 93 vezes e marcou 11 tentos, com uma média de apenas 0,11 gols por jogo.

NÚMEROS

Dentre os atacantes de referência que o CRB teve em seus elencos, só dois tiveram desempenho melhor que o de Anselmo Ramon. O que teve os melhores números foi Léo Gamalho, que defendeu o clube em 2020. Em 155 jogos, por diversos clubes, como o próprio CRB, Coritiba e Pohang Steelers-COR, Léo marcou 65 gols, tendo uma boa média de 0,41 gols por jogo.

O segundo lugar da lista fica com Léo Ceará, que esteve no clube em 2019. Com 175 jogos no período, marcou 69 gols e ficou com uma média de 0,39 gols por partida. Atualmente defende as cores do Yokohama Marinos-JAP.

Bom nome da equipe no início de 2021, Hyuri tem números mais discretos. Fez 107 jogos, marcando 18 gols, tendo média de 0,16 gols/jogo. Porém, cabe um adendo. Hyuri não chegou ao Galo como um centroavante, mas como um atacante de lado de campo. Porém, passou a ser aproveitado na frente pelo então técnico Roberto Fernandes e, posteriormente, pelo atual, Allan Aal.

A melhor temporada da carreira de Anselmo Ramon foi em 2020, quando defendia a Chapecoense e foi campeão da Série B daquele ano, sendo um dos artilheiros da competição. Anselmo disputou 44 jogos, marcou 12 gols e anotou seis assistências no ano.

* Sob supervisão da editoria de esportes.

Mais matérias desta edição