Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Passagem em Alagoas

CONTRA NOVORIZONTINO, CSA REENCONTRARÁ VELHOS CONHECIDOS

Time paulista conta com elenco experiente, com ex-jogadores do próprio Azulão e do CRB, além de brigar na parte de cima da Série B

Por Guilherme Magalhães | Edição do dia 26/05/2022

Matéria atualizada em 25/05/2022 às 18h59

Lucas Frigeri, ex-goleiro do Azulão, é mais um no elenco experiente do Novorizontino
Lucas Frigeri, ex-goleiro do Azulão, é mais um no elenco experiente do Novorizontino | Ailton Cruz

A Série B é um verdadeiro celeiro de grandes jogadores e peças conhecidas. Com isso, é muito comum termos diversos velhos conhecidos dos clubes de Alagoas atuando pelos outros 19 clubes. Com o CSA não é diferente. Uma equipe que contempla muito isso é o Novorizontino, recém promovido da Série C do Brasileiro. O Tigre é relativamente novo no cenário nacional, porém, tem no plantel jogadores que conhecem o Azulão.

Os mais conhecidos dos azulinos são o zagueiro Rodolfo Filemon e o goleiro Lucas Frigeri, que têm uma passagem recente pelo CSA. Em Alagoas, o zagueiro fez 19 partidas com a camisa do CSA, entre 2020 e 2021.

O outro ex-azulino é o goleiro Lucas Frigeri. Experiente, aos 32 anos teve duas passagens distintas pelo CSA. A primeira em 2018, quando participou de 18 jogos e agradou muito. Contudo, em seu retorno, já na temporada de 2021, acabou sendo reserva de Thiago Rodrigues, só atuando oito vezes durante o ano.

Porém, o Novorizontino não limita-se apenas a ex-azulinos. O clube mapeou bem Alagoas e trouxe jogadores do maior rival do CSA. Ao todo, o Aurinegro conta com três jogadores que passaram pelo CRB, inclusive, com passagem bem marcante.

O mais famoso deles, nem faz tanto tempo assim. É o maestro Diego Torres, que durante muito tempo foi o camisa 10 do clube regatiano. Há outros dois ex-regatianos que tiveram passagem há muito tempo. O lateral direito Lucas Mendes, 30 anos, com 35 jogos e o título do Alagoano. O outro é o lateral esquerdo Paulinho, 37 anos, que jogou no CRB em 2018.

COMANDANTE

Não são apenas os atletas que conhecem bem o CSA. No banco de reservas, um rosto que brilhou foi o de Allan Aal, comandando o CRB. Inclusive, o treinador tem tido seu trabalho elogiado na equipe paulista.

Apesar da queda no Estadual, a Série B tem sido disputada lá no topo pelo Tigre. Enfrentou o CSA em três oportunidades, enquanto comandava o CRB. O histórico é inusitado, com um empate, um derrota e uma vitória.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição