Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5715
Processo

HERDEIROS DE MARADONA TENTAM IMPEDIR LEILÃO DA BOLA DE OURO DE 1986

Troféu foi conquistado pelo argentino na Copa do Mundo

Por Metrópoles e Terra | Edição do dia 15/05/2024

Matéria atualizada em 15/05/2024 às 04h00

Herdeiros de Maradona tentam impedir leilão da Bola de Ouro de 1986
Herdeiros de Maradona tentam impedir leilão da Bola de Ouro de 1986 | Jean-Jacques BERNIER/Gamma-Rapho via Getty Images

Os herdeiros do craque Diego Maradona decidiram entrar com um processo para impedir o leilão da Bola de Ouro que foi conquistada pelo argentino na Copa do Mundo de 1986. A informação foi repassada por Gilles Moreu, que é advogado da família, ao jornal Associated Press. O evento está marcado para o próximo mês.

O troféu estaria sumido há três décadas, sem que ninguém nunca soubesse o motivo. Ele acabou reaparecendo recentemente nas mãos de um colecionador e agora virou alvo da casa de leilões de Paris.

Os filhos de Maradona dizem que o troféu foi roubado e que, por isso, o atual dono não poderia vender o objeto. Eles entrarão com uma queixa de furto.

A casa de leilões informou que a pessoa que comprou o troféu não sabia que ele era roubado. Se o evento for mantido, a data marcada é o dia seis de junho.

Valor maior

O objetivo é conseguir na Bola de Ouro um valor maior do que a camisa usada pelo jogador na Copa do Mundo de 1986, que foi arrematada em 2022 por U$ 9,3 milhões, o equivalente a R$ 47 milhões.

Maradona foi o protagonista da Copa do Mundo de 1986. Isso porque, seus cinco gols e atuações individuais levaram a Argentina ao segundo título mundial.

Mais matérias desta edição