Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
FATOS & NOTÍCIAS

Confira os destaques da política alagoana #FN30072021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 30/07/2021

Matéria atualizada em 29/07/2021 às 21h44

O início da aulas no formato híbrido para os alunos da rede estadual deve começar mesmo no dia 16 de agosto conforme estabelecido pelas autoridades sanitárias, dependendo ainda do avanço da vacinação e da redução constante do número de vítimas da Covid-19.

O objetivo do setor de saúde é promover as atividades escolares presenciais com absoluta segurança, cumprindo também o que tem determinado os decretos governamentais de distanciamento social e das medidas sanitárias como usar máscaras e lavar bem as mãos com álcool e sabão. Para as crianças na idade pré-escolar as atividades já começaram nos últimos 30 dias, principalmente nas escolas particulares que estabeleceram princípios e regras para proteger seus alunos.


VACINAÇÃO

Com a maior parte do professorado já vacinado e alguns esperando a segunda dose da vacina, o retorno às aulas se fará com mais segurança. Segundo levantamentos feitos pelo Ministério da Saúde, até a última quarta-feira Alagoas já tinha vacinado 62.972 profissionais dos 63.345 existentes com a primeira dose e 2.158 sendo imunizados com a segunda.


NA MIRA

A expectativa de vacinação é que se atinjam até esse final de semana pessoas com 28 anos ou menos. A continuar nessa celeridade e o Estado abastecido com mais vacinas, o público-alvo será os adolescentes com menos de 18 anos.


SEM RISCOS

O deputado Arthur Lira, que passa o maior tempo em Alagoas neste recesso parlamentar, garantiu que a nomeação do senador Ciro Nogueira para a chefia da Casa Civil é o reflexo de uma articulação maior com o Congresso, o Executivo e o Judiciário e mais firmezas nas proposições “em que o governo precisa demonstrar mais unidade”.


HONRARIA

O presidente da Câmara Federal, Arthur Lira, foi agraciado com a Medalha do Mérito Oswaldo Cruz na categoria ouro, através de decreto publicado no Diário Oficial da União pelo presidente Jair Bolsonaro. Outras autoridades também receberão a condecoração, como reconhecimento pela atuação destaca no campo das atividades, científicas, educacionais, culturais e administrativas pelos resultados benéficos à saúde de brasileiros.


PROTESTO

Funcionários dos Correios fizeram uma manifestação de protesto ontem pela manhã na orla marítima e denunciaram que a venda da estatal vai prejudicar toda a população. Eles dizem não à privatização e esperam que as autoridades entendam a importância dos serviços prestados pela empresa


COVID

Em 24 horas, as autoridades de saúde registraram 42.283 novos casos de covid-19 e 1.318 mortes em decorrência da doença. Os dados são referentes a registros feitos entre ontem e hoje e estão na atualização diária sobre a pandemia do Ministério da Saúde.


COVID 2

Com as novas estatísticas, sobe para 554.497 o número de mortos pela Covid-19. Ainda há 3.414 óbitos em investigação. Com os novos casos, a soma de pessoas infectadas desde o início da pandemia foi para 19.839.369. Ainda há 714.881 casos em acompanhamento.


VACINAÇÃO

Até o início da noite de ontem, haviam sido distribuídas 176,2 milhões de doses de vacina. Foram aplicadas 138,1 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram aplicados 98,5 milhões da primeiras doses e 39,6 milhões da segundas doses ou dose única.


» A Capitania dos Portos de Alagoasl informou ontem que uma frente fria poderá causar ventos fortes de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 60 km/h (33 nós), entre a noite do dia 30 de julho e a manhã de 1º de agosto.

» Os ventos devem atingir a faixa litorânea do estado da Bahia, ao norte de Salvador, de Sergipe e de Alagoas, ao sul do município de Maragogi.

» O número de pessoas que não compareceram aos pontos de vacinação na data marcada para aplicação da segunda dose do imunizante contra a Covid-19 segue alto em Maceió.

» Um levantamento atualizado na última terça-feira (27) aponta que 10.933 pessoas estão com o calendário vacinal atrasado, o que representa 6% de faltosos.

Mais matérias desta edição