Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Fatos & Notícias

CONFIRA OS DESTAQUES DA POLÍTICA ALAGOANA #FN27052022

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 27/05/2022

Matéria atualizada em 26/05/2022 às 21h36

A disputa por mais visibilidade da prefeitura de Maceió e do governo do Estado passou do campo administrativo para o campo político. Nos últimos dias mais de R$ 23 milhões foram alocados para a realização do que dizem ser o melhor São João do Nordeste.

Tudo seria muito importante se a população que vive na pobreza absoluta não necessitasse das intervenções da prefeitura da capital e do governo do Estado. Em jogo, o ganho político com a badalação das festas em detrimento de outras ações eminentemente emergenciais.

Ao gastarem dezenas de milhões de reais com festas em um momento atípico depois da pandemia, sob a alegação da geração de emprego e renda, não convencem grande parte da população alagoana, principalmente com o forte temporal que tem se abatido sobre todos os municípios alagoanos. Afinal de contas grandes projetos sociais até agora não foram levados a sério pelos governos dos municípios e pelo Estado, como se eles não tivessem prioridades sobre os demais. 


ACIRRADA

Ao tempo em que se aproximam as eleições de outubro, as discussões públicas vão se acentuando entre o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e o senador Renan Calheiros. É farpa pra lá, farpa pra cá, e os adjetivos vão ficando cada vez mais pesados.


INVESTIGAÇÃO

Se depender de Arthur Lira os órgãos de fiscalização devem investigar por que caminhões compactadores foram comprados por R$ 9 milhões a mais do que as licitações feitas pelo governo federal. O dinheiro, segundo o deputado, sumiu.


AÇÃO RÁPIDA

O senador Fernando Collor e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, agiram rápido e acionaram a Defesa Civil do governo federal para prestar ajuda aos atingidos duramente pelo temporal que se abateu sobre Maceió e algumas cidades do interior do Estado. Além da ajuda técnica, o governo ainda possibilitará recursos para minimizar os efeitos das fortes chuvas.


APOIO

O próprio presidente Jair Bolsonaro ficou solidário com os pedidos de Collor e Lira e se dispôs a fornecer uma ajuda humanitária com o objetivo maior de cuidar dos desabrigados e demais vítimas do temporal que durou pelo menos 72 horas.


RECUPERAÇÃO

Mesmo que as chuvas tenham dado uma trégua, os prefeitos das regiões mais atingidas precisam de ajuda urgente para atender os que mais precisam e recuperar as estruturas das cidades que foram duramente atingidas.


VOLTA ÀS AULAS

Com muitas unidades de ensino atingidas, as aulas do município de Maceió só deverão voltar às atividades na próxima segunda-feira. Até lá o município vai recuperar as unidades mais atingidas e proporcionar segurança para toda a comunidade estudantil.


ELE OUTRA VEZ

Achando pouco o que já proporcionou de desconforto com autoridades constituídas, o secretário George Santoro agora se envolve com projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados e que classifica combustíveis e energia como itens essenciais para limitar tributação. O secretário, que disse que o projeto iria quebrar o setor sucroalcooleiro, foi desmentido publicamente pelo presidente da União a Indústria da Cana-de-Açúcar, Evandro Gussi.


LEILÃO

Os Correios irão realizar leilão eletrônico de 81 motocicletas em Alagoas no dia 27 de junho, às 9h. Os veículos foram utilizados nas operações e substituídos de acordo com a política de renovação da frota da empresa.


» O Parque do Horto, situado no Farol, estará fechado neste sábado (28) e domingo (29), por conta das fortes chuvas que afetam Maceió. Com o grande volume de água, há perigo de queda de árvores e galhos na reserva ecológica. » Além do Parque do Horto, a Sudes também decidiu pelo fechamento, só que por tempo indeterminado, do Parque Municipal de Maceió, que fica em Bebedouro, pelos mesmos motivos. » O Procon Maceió notificou a Equatorial Energia, empresas de telefonia e associação de provedores de Internet que operam na capital para que apresentem um plano com urgência de retirada dos fios e gambiarras que possuem nos postes da cidade.

Mais matérias desta edição