Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5750
Fatos & Notícias

CONFIRA OS DESTAQUES DA POLÍTICA ALAGOANA #FN18112023

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 18/11/2023

Matéria atualizada em 18/11/2023 às 04h00

A cirurgia a que se submeteu o senador Renan Calheiros no final da última semana – de onde ficará recolhido para tratamento intenso de saúde por pelo menos trinta dias - tem influenciado diretamente na instalação da CPI da Braskem e a indicação de seus membros pela Mesa do Senado Federal.

Os dois abalos sísmicos que atingiram a região do bairro do Pinheiro, local mais atingido pelo afundamento do solo, além do incêndio em suas instalações em Marechal Deodoro, deixou um marco de preocupação para todos que habitam no epicentro do fenômeno geológico e nas redondezas, onde os estragos foram intensos.

Mesmo que a Braskem venha tomando medidas saneadoras do grave problema, se vê que alguma coisa ainda está errada em todo o processo de tamponamento das cavernas que provocaram o desastre.


LENTIDÃO

Muito embora a empresa anuncie permanentemente que o tamponamento das minas continua em ritmo acelerado, a situação é cada vez mais preocupante, isso sem falar nas consequências que atingem também os Flexais de Baixo e de Cima, na região do bairro de Bebedouro.


LONGE DA SOLUÇÃO

Com a situação ainda não está absolutamente sob controle e os abalos continuam sendo recorrentes, a CPI, ao ser instalada, poderá revelar detalhes que ainda não chegaram ao conhecimento público.


DEVAGAR

Vai depender da situação de saúde do senador Renan Calheiros para que a CPI da Braskem tome um rumo mais intenso. No estaleiro, recuperando-se de uma cirurgia de retina, Calheiros deverá mesmo ficar afastado das atividades, muito embora acompanhe de perto as movimentações.


CORDA ESTICADA

Como não se entendem e certamente tão cedo irão se entender, governo do Estado e Prefeitura de Maceió trabalham com afinco para tomar a dianteira na campanha eleitoral que já está em curso. O governo acelera obras nos grotões da cidade, e a prefeitura também faz o mesmo.


DEFINIÇÃO

A situação de vereadores que estão do lado do prefeito JHC deve ser resolvida por estes dias, de acordo com o que ficou estabelecido pelo diretório municipal do MDB. Resta, porém, uma decisão, se saem da legenda por espontânea vontade ou se serão expulsos por não cumprirem as orientações do partido.


PRÉ-CANDIDATOS

Enquanto a confusão reina na disputa de prefeituras com grande contingente eleitoral, a exemplo de Maceió, Arapiraca, Rio Largo, União dos Palmares e São Miguel dos Campos, Arthur Lira e Renan Calheiros admitem que disputarão as duas vagas para o Senado em 2026.


INVESTIMENTO

Mesmo que Maceió esteja com sua situação política praticamente definida, com uma provável reeleição do prefeito JHC, o objetivo dos fortes candidatos é robustecer o contingente eleitoral já visando as eleições de 2026.


PRESSÃO

A agressão sofrida pelo advogado Geraldo Carvalho nas dependências do Tribunal Regional do Trabalho, na semana passada, resultou na pressão da categoria para que a OAB adote medidas permanentes de fiscalização para evitar fatos desta natureza e interaja com a presidência do TRT para encontrar soluções para proteger jurisdicionados, profissionais do direito e serventuários da Justiça. O ato realizado ontem em frente ao TRT demonstrou a disposição da categoria em acabar com o medo que domina os advogados nas Varas trabalhistas.


» A oposição define, até o final do ano, qual será o nome que será colocado para disputar a eleição com o prefeito JHC.

» José Wanderley Neto, Rafael Brito e Alexandre Ayres estão na opção do MDB.

» Ronaldo Medeiros deverá ser o candidato do PT, cujo objetivo maior eleger de três a quatro vereadores.

» O prefeito JHC pode reagir e estuda, através de seus advogados, processar o senador Renan Calheiros por denunciação caluniosa.

» Texto para tome notas. Texto para tome notas. Texto para tome notas. Texto para tome notas.

Mais matérias desta edição