Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5749
.

CONFIRA OS DESTAQUES DA POLÍTICA ALAGOANA #FN10072024

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 10/07/2024

Matéria atualizada em 10/07/2024 às 04h00

Por mais que os adversários provoquem, não está na ordem do dia a possibilidade de o prefeito JHC participar de qualquer debate no primeiro turno e, se ele continuar na dianteira, é muito difícil que isso possa vir a acontecer.

Um possível debate, nesse caso, só aconteceria na hipótese de haver ameaça de ele perder a liderança, muito embora 60% do eleitorado maceioense ainda não saiba em quem votar nas eleições de outubro. Como existe a possibilidade do surgimento de outra chapa, que seria encabeçada por Alfredo Gaspar e Fábio Costa, a disputa ficará cada dia mais acirrada.


PRESSÃO

Os rumores de que uma nova chapa para a disputa em Maceió estaria sendo discutida nos partidos aliados ao PP indicam uma pressão forte para que JHC anuncie de uma vez por todas o nome do seu candidato a vice, o que deve ocorrer a qualquer momento.


ENFRAQUECENDO

Empurrando com a barriga a indicação do seu candidato a vice, o prefeito começa a ampliar a rede de adversários. Consolidando a pretensão de outra chapa, a oposição toma fôlego.


FERVENDO

Desde ontem, os bastidores fervem com a mudança do panorama político em Maceió. Os comentários de que Alfredo Gaspar e Fábio Costa poderiam engrenar uma terceira via, devido à insatisfação com acordos não cumpridos por JHC, podem ocasionar uma reviravolta nas estratégias de campanha.


CRESCENDO

Enquanto as pesquisas eleitorais revelam que no momento é difícil bater nas urnas o prefeito de Maceió, a oposição reage – leia-se Rafael Brito, do MDB –, tentando provocar um amplo debate com JHC.


NO RASTRO

Ainda repercutem intensamente as denúncias do delegado Thiago Prado, feitas pelas redes sociais, sobre a possibilidade de algum candidato ser escalado pelo crime organizado para participar das eleições de outubro próximo. Como a denúncia foi gravíssima, é de se esperar uma investigação profunda sobre o caso.


ARRUMAÇÃO

Em São Miguel dos Campos, o deputado Arthur Lira conseguiu unificar a situação com a aliança entre o deputado estadual Fernando Pereira, do PP, e o prefeito George Clemente, do MDB. Os dois, há tempos, viviam distanciados politicamente.


VALE TUDO

Por essa composição, PP e MDB – até então adversários políticos no município – deverão estar juntos nas eleições de 2026, com Arthur Lira e Renan Calheiros disputando as duas vagas do Senado.


EMPERRADA

O ministro dos Transportes, Renan Filho autorizou a publicação do edital de licitação para a duplicação da BR-324 e obras na BR-316, na ordem de quase R$ 270 milhões, mas não se ouve falar na conclusão da extensão de 15 quilômetros da BR-101 próximo a Joaquim Gomes, em terras indígenas.

Mais matérias desta edição