Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Imobiliário

CBIC quer conhecer problemas das construtoras

CBIC cria canal direto com construtoras para conhecer os problemas locais

Por Agência CBIC | Edição do dia 21/03/2020

Matéria atualizada em 20/03/2020 às 21h38

Diante dos impactos da pandemia do coronavírus (Covid-19) na construção civil e no mercado imobiliário, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) abriu na última quarta-feira (18/03), durante o ‘Diálogo CBIC: o setor e a crise do Coronavírus’, um canal direto com as entidades associadas e as empresas construtoras para conhecer os problemas locais e buscar soluções para atenuar os efeitos sociais e econômicos da presente crise no setor. CBIC já disponibiliza em seu site o formulário ‘Como a CBIC pode te ajudar?’ A ideia é reunir todas as demandas do setor no Comitê de Crise, formado pelo Núcleo Estratégico da entidade, que dará o encaminhamento necessário e balizará as ações da entidade junto ao governo. Ao abordar o tema ‘A Construção e a crise’, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, mencionou que a crise traz problemas de curto e longo prazos para o setor. “A questão é como a gente continua mantendo a nossa atividade agora, sem prejudicar a saúde dos trabalhadores, e como ela será na sequência, em razão dos impactos do coronavírus na economia. O objetivo é que, com serenidade, ao final da crise o setor faça um Brasil melhor”, diz, defendendo que “o setor pode ser, sim, o grande alicerce para a economia não afundar”. Nesse sentido, informou que a entidade apresentou nesta semana ao governo federal uma pauta completa do setor com sugestões de medidas em várias frentes – crédito, atraso de pagamentos, contratações, impostos –, bem como deu início a ações com o Sebrae sobre seguro desemprego e contratação de especialistas para apoiar a construção civil. “Nossas propostas foram no sentido de não usar um centavo a mais do recurso público, mas usar o que tem”.

Mais matérias desta edição