Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Internacional

BRASILEIRA PRESA NA TAILÂNDIA É CONDENADA A 9 ANOS E 6 MESES DE PRISÃO

.

Por G1 | Edição do dia 13/05/2022

Matéria atualizada em 13/05/2022 às 04h11

Defesa da brasileira estuda agora pedir o “perdão real” ao rei da Tailândia
Defesa da brasileira estuda agora pedir o “perdão real” ao rei da Tailândia | Reprodução

Presa na Tailândia em fevereiro por tráfico internacional de drogas, a brasileira Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, foi condenada a nove anos e seis meses de prisão. A informação é de Kaelly Cavoli Moreira, uma das advogadas de defesa da jovem. Segundo a advogada, a sentença foi proferida no domingo (8), mas a embaixada só teria recebido a informação na quarta-feira (11). Já os advogados só tomaram conhecimento da decisão na madrugada dessa quinta-feira (12) por meio de um e-mail do consulado brasileiro As informações ainda são preliminares, porque, até a última atualização desta reportagem, os advogados não haviam recebido a sentença completa. “A gente teve uma pena muito positiva, melhor do que a gente esperava. Nós já tínhamos descartado a pena de morte e a prisão perpétua. Estamos caminhando para uma pena humana, o mundo precisa ir contramão de penas desumanas”, afirmou Kaelly. A defesa estuda agora pedir o “perdão real” ao rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, que está no trono desde 2019. A Tailândia é um dos países onde o tráfico de drogas pode ser punido com pena de morte, dependendo do tipo de entorpecente, da quantidade e das circunstâncias. No caso da cocaína, a lei mudou no final de 2021, quando a pena máxima passou a ser de 15 anos de prisão.

Mais matérias desta edição