Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Maré

VERA CONTINUA INSPIRANDO

Estilistas alagoanos criaram coleções inspiradas na revolução de Vera Arruda na moda brasileira

Por MAYLSON HONORATO EDITOR | Edição do dia 09/10/2021

Matéria atualizada em 06/10/2021 às 22h56

Para quem cresceu cercado pelas cores, estampas e uma moda brasileira pós-Vera Arruda, não imagina que foi a alagoana quem conferiu às passarelas e vitrines o toque nordestino que, de repente, podia ser visto nos looks de personalidades como Hebe Camargo, Carolina Dieckmann, Deborah Secco, Ivete Sangalo e até Gisele Bündchen. O que a talentosa designer e estilista apresentou ao mercado, nunca saiu de moda.

E foi Vera Arruda, que faleceu precocemente, em 2004, aos 38 anos, quem inspirou dez experientes e jovens profissionais da moda alagoana a criarem novas peças com esse charme colorido que esbanja identidade e alegria. As criações foram apresentadas na passarela do projeto Renda-se 2021, que está em sua segunda edição.

Beatriz Tavares, Derravera, Elton Macharot, Florise Guimarães, Leoni Bezerra, Leticia Abreu, Lumma Luz, Maria Brandão, Maria Rejane Pimentel e Rildo Nonato são os nomes dos estilistas que criaram coleções inspiradas no trabalho de Vera Arruda.

O desfile, que marca a culminância do projeto criado pela arquiteta e produtora cultural Mirna Porto Maia, foi transmitido ao vivo e pode ser conferido no Youtube da iniciativa (Renda-se - Mostra de Moda Alagoana). O projeto tem realização da Ponto de Produção e patrocínio do Magazine Luiza por meio da Lei de Incentivo à Cultura. O projeto conta com a parceria da Escola Técnica de Artes (ETA), Prefeitura de Maceió e Aloo Telecom.

“Só acredito em projetos culturais inclusivos. O Renda-se é. A moda é uma teia que envolve centenas de pessoas. O Renda-se, em cada edição, trabalha diretamente e indiretamente com cerca de 500 pessoas. O fato do projeto ter seu ápice na transmissão do desfile via redes sociais, YouTube, e Facebook dá visibilidade a toda a criatividade de muitos grupos produtivos da arte e da cultura , pelo viés da moda”, diz Mirna Porto.

NA PASSARELA

A reinvenção de Vera Arruda, por tantos olhares diferentes, foi o ponto alto do projeto, que hoje é o grande respiro que a moda alagoana e todo o mercado criativo local dá em tempos complexos.

Além disso, o desfile contou com a presença - na passarela - da filha de Vera: Maria João, que aparece em dois looks (religioso e de crochê).


Serviço

Renda-se – I Mostra de Moda Alagoana - etapa 2021

Disponível no canal do Renda-se no YouTube

Mais informações: www.projetorendase.com.br | @projetorendaseoficial


Mais matérias desta edição