Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
MERCADO ALAGOAS

Confira os destaques da economia alagoana #MA14012020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 14/01/2020

Matéria atualizada em 13/01/2020 às 21h24

DÍVIDAS RURAIS

Com o fim do prazo para a renegociação das dívidas rurais de produtores agrícolas, que esteve em vigor até o dia 30 de dezembro de 2019, as federações da Agricultura do Nordeste estão mobilizadas na luta pela disponibilidade de um novo período para a liquidação das operações dos créditos rurais por parte desses agricultores.


LEI 13.340

O projeto de negociação foi sancionado pelo Congresso Nacional a partir do ART. 3 da Lei 13.340 de 2016, que disponibilizou um orçamento no valor de R$ 1,85 bilhão para o rebate desses débitos, concedendo direitos como carência até 2020, independente da data de formalização da renegociação e a forma de pagamento em 10 parcelas anuais, iguais e sucessivas.


FEDERAÇÃO

“Estamos juntos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) buscando a reedição da legislação com todos os benefícios mantidos para os produtores rurais. A expectativa é que, com a união das federações, possamos conseguir uma resposta positiva por meio do Congresso Nacional, garantindo novas datas e mantendo os incentivos”, pontua Almeida.


ETANOL

Apesar de ainda pequena, a produção acumulada de etanol apresentou - na primeira semana de janeiro - um aumento em comparação ao mesmo período da safra passada. De acordo com levantamento divulgado no boletim semanal nº 19 do Sindaçúcar-AL, foram produzidos até o dia 05 de janeiro 342.288 metros cúbicos (m³) do produto. A planilha aponta ainda que o acréscimo na produção ante o mesmo período da moagem passada foi de 3.542 m³ do biocombustível.


ETANOL 2

Apesar do aumento na produção, quatro unidades registraram uma redução na quantidade do biocombustível produzido em comparação com a moagem anterior. Neste cenário, segundo o boletim, as unidades produziram 140.116 m³ de etanol do tipo anidro, que é misturado à gasolina, e 205.664 m³ do hidratado. Os dados divulgados no boletim são referentes à produção de 12 unidades industriais em operação neste ciclo da cana em Alagoas.


AGRONORDESTE

Após o município de Batalha ter sido escolhido para sediar o Escritório Local de Operações (ELO) do programa AgroNordeste em Alagoas, os demais municípios selecionados para fazer parte do projeto do governo federal no estado são: Jaramataia, Major Izidoro, Belo Monte, Monteirópolis, Jacaré dos Homens, Olho d’Água das Flores e Olivença.


AGRONORDESTE 2

Para definir o plano de desenvolvimento das localidades beneficiadas em Alagoas, nesta terça-feira, 14, integrantes da Coordenação do Comitê Estadual do AgroNordeste em Alagoas participam de uma reunião, a partir das 8h30, na sede da Superintendência Federal da Agricultura em Alagoas (SFA/AL), no bairro do Farol, em Maceió. O programa foi criado como forma de impulsionar o desenvolvimento econômico, social e sustentável do meio rural.


“MISTÉRIO”

O presidente do PSD em Alagoas, Marx Beltrão, embora já tenha lançado ao menos dois pré-candidatos no interior (Cícero Valentim, em Arapiraca e Maykon Beltrão, em Coruripe), diz que só vai se posicionar no momento certo. “Estamos na fase de diálogo. Só vamos divulgar nossos candidatos e os que o partido apoiará no momento correto”, resume Marx.


MÚLTIPLAS ESCOLHAS

Marx Beltrão tem feito mistério principalmente sobre sua participação nas eleições em Maceió. Não é para menos. Ele faz parte da base do governo, que deve lançar um candidato a prefeito (o nome da vez hoje é Alfredo Gaspar), além de ter feito dobradinha em 2018 em Maceió com Davi Davino Filho, que deve ser candidato a prefeito pelo PP. E para complicar ainda mais, Marx estaria muito próximo de João Henrique Caldas.


Aluguel

Em 2019, o preço médio dos imóveis residenciais parou de cair em todo o Brasil. Maceió teve variação de preço dos imóveis para venda de 0,54% ao longo do ano na comparação com o mesmo período anterior segundo dados de pesquisa do índice FipeZap, que analisou 16 capitais brasileiras. Embora o momento seja visto por especialistas como estável para a venda residencial, o aluguel chama a atenção na região.

Mais matérias desta edição