Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA09012021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 09/01/2021

Matéria atualizada em 08/01/2021 às 22h17

Novas pastas

A equipe de JHC deve ganhar novos secretários nos próximos dias. Nada de troca por enquanto. O time deve ser reforçado com a ampliação de secretarias, a partir do desmembramento de algumas pastas e criação de outras.


Desburocratização

Uma das pastas que pode ser criada é a de Desburocratização e Transformação digital. Esta por encomenda do prefeito João Henrique Caldas, o JHC (PSB).


Desmembrando

O estudo preliminar que está sendo feito pela comissão nomeada pelo prefeito recomenda o desmembramento de ao menos três Pastas. Turismo seria desmembrada em duas: Turismo e Esportes e Lazer. Seminfra também passaria a ser duas: Infraestrutura e Habitação. SUDS também seria desmembrada em Slum e Sempma (Meio Ambiente).


Ajustes

Com as “novas” pastas, JHC deve arrumar melhor sua base de apoio política na prefeitura, além de acomodar quadros técnicos de sua cota pessoal.


Feira

A feira internacional de artesanato e decoração Nações & Artes volta a Maceió no dia 10 de janeiro em mais uma temporada no Parque Shopping. Seguindo todo o protocolo de prevenção da Covid-19, o evento reunirá culturas de diversas partes do mundo, representadas em itens de decoração, artesanato, vestuário, acessórios, joias, obras de arte, tecidos e tapeçaria.


Origens

O Espaço Internacional Nações & Artes faz um intercâmbio cultural entre países das Américas, Ásia e África. Antes de chegar a Maceió, o evento passou por mais de 50 cidades do País. “Acredito que o evento será um sucesso, pois o objetivo é causar uma sensação única nos clientes, possibilitando o contato com diferentes países”, afirma Juliano Michei, idealizador do espaço internacional. A média de preço dos produtos: 30 reais .


Presencial

A Secretaria da Fazenda de Alagoas retomará seu atendimento presencial com agendamento a partir desta segunda-feira (11). A retomada se dá após o período de reorganização dos serviços fazendários para o ano de 2021.


Agendando

Para evitar aglomeração nas unidades fazendárias e diminuir o tempo de espera dos usuários, o atendimento seguirá com os mesmos procedimentos de agendamento prévio obrigatório por meio do e-mail atendimento@sefaz.al.gov.br, informando o tipo de serviço e qual o setor deseja ser atendido.


Carbono

A Vivo inicia o ano marcando presença na carteira do Índice Carbono Eficiente da B3 (ICO2 B3). O ICO2, criado em 2010 pela B3 em parceria com o BNDES, é o primeiro e o principal índice brasileiro que lista as empresas da bolsa com melhor eficiência de gestão das emissões de gases do efeito estufa, seguindo a tendência mundial de atrelar o crescimento econômico das empresas a um desenvolvimento sustentável, com menos impactos negativos para o planeta. O índice reúne 62 ações de 58 companhias pertencentes a 22 setores.


Parcelamento

Cerca de 35 mil empresas do setor varejista alagoano iniciam 2021 com uma notícia que, segundo a a Fecomércio-AL, “traz um pouco de alívio” em meio à crise econômica desencadeada pela pandemia do Covid-19. O governo do Estado autorizou a ampliação do prazo para o recolhimento do ICMS correspondente às vendas realizadas no mês de dezembro.


Três vezes

As empresas beneficiadas, que se enquadram nos critérios estabelecidos pela Sefaz/AL por meio do Decreto Nº 72.434/20 vão poder dividir o ICMS em três parcelas mensais, de forma consecutiva, sem juros ou multas, entre os meses de janeiro e março de 2021. Para o assessor econômico da Fecomércio AL, Victor Hortêncio, a medida proporciona um “fôlego” extra para a recuperação do fluxo financeiro dos comerciantes alagoanos em um dos meses mais dinâmicos do ano em termos de vendas, como é dezembro.

Mais matérias desta edição