Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA13042021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 13/04/2021

Matéria atualizada em 12/04/2021 às 22h29

Emprego

A análise do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de fevereiro aponta que as micro e pequenas empresas (MPEs) continuam puxando a geração de empregos com carteira assinada no país pelo oitavo mês consecutivo, respondendo por 68,5% dos empregos formais criados em fevereiro de 2021. Em Alagoas, as MPEs garantiram um saldo de 2.075 empregos, liderando as vagas de empregos no estado.


Em alta

Analista da Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Alagoas, Fábio Leão ressalta que os números surpreenderam o mercado. Em fevereiro, a abertura de postos de trabalho foi maior que em janeiro deste ano e também maior que em igual mês de 2020.


Análise

“Os números refletem o grande impulso do setor de serviços, seguido pelo setor de comércio. O mercado ainda sente os reflexos positivos do início do ano, quando a economia estava funcionando relativamente bem e os negócios estavam abertos, mesmo que com restrições”, afirma Leão.


Comparando

Fábio Leão também destaca que a economia reagiu bem, mesmo sem ainda contar com a liberação total dos recursos do auxílio emergencial. Enquanto as MPEs criaram um saldo positivo de empregos no Estado, as médias e grandes empresas subtraíram 2.558 vagas. “Isto significa que, mesmo com todas as dificuldades de acesso a crédito e de renegociação de contratos, as pequenas empresas seguem fazendo a diferença na economia local”, pontua.


Perdas

As mortes de Bernadino Souto Maior e Falcon Barros, decorrentes de complicações da Covid-19, apenas reforça o quanto os profissionais da comunicação estão expostos na pandemia. Os dois profissionais foram, cada um em sua área, exemplo de dedicação profissional e deixam um legado para as novas gerações do jornalismo.


Posse

Os novos secretários da Agricultura, Maikon Beltrão, e da Assistência e Desenvolvimento Social, Fabiana Pessoa, serão empossados nos cargos nesta terça-feira, 13, às 10h, em solenidade no Palácio dos Palmares.


Reaproveitando

Os ex-secretários João Lessa (Seagri) e Sílvio Bulhões (Seades) serão reaproveitados no governo. Lessa será o secretário adjunto da Seagri e Sílvio deve ser remanejado para outra secretaria. A conferir.


Retomando

A reforma administrativa prometida pelo governador Renan Filho para depois das eleições de novembro de 2020 está saindo aos poucos. Em janeiro deste ano, Alfredo Gaspar de Mendonça foi nomeado para a Segurança Pública. Na sexta-feira passada, foram nomeados mais dois secretários.


Tem mais

As mudanças certamente não vão parar por aí. Até porque o governador mantém três secretarias de Estado sem titulares, sendo comandadas por interinos: Secretaria de Esportes e Lazer, Charles Hebert Cavalcante Ferreira; Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Paulo Tavares Pacheco; Secretaria de Ciência e Tecnologia, Rodrigo Sampaio de Rossiter Corrêa.


Cenário 1

Os três são interinos, mas com situações bem diferentes. Na Semarh o nome para comandar a pasta será indicado pela família Pereira, que indicou o interino e tem peso para manter a participação no governo.


Cenário 2

Na Selaj, a indicação do interino é da ex-secretária. Mas por lá existem dúvidas se o partido dela, o PCdoB, conseguirá indicar um nome para o comando da pasta que chegou a ser negociada com outras forças políticas – de acordo com informações de bastidores.

Mais matérias desta edição