Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA23102021

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 23/10/2021

Matéria atualizada em 22/10/2021 às 22h17

Em foco

A deputada Federal Tereza Nelma (PSDB-AL) foi classificada na categoria Mulheres na Política entre cinco parlamentares da Câmara de Deputados e do Senado avaliadas por um juri especializado de notáveis do Prêmio Congresso em Foco. A premiação foi realizada quinta-feira, em Brasília.


Companhia

Tereza Nelma ficou no ranking das cinco parlamentares mais bem avaliadas ao lado da deputada Joenia Wapichana (Rede-PR), senadora Eliziane Gama (Cidadania-MG), senadora Simone Tebet (MDB-MS) e a deputada Tabata Amaral (PSB-SP). O júri é uma das três formas de escolha dos vencedores do Prêmio Congresso em Foco 2021, junto com a votação da internet e a dos jornalistas. Na votação popular, Tereza Nelma teve a segunda maior votação entre os deputados federais de Alagoas, com 479 votos.


Resultado

Os resultados do cultivo de eucalipto como alternativa ao plantio da cana-de-açúcar em Alagoas, especialmente na região da Zona da Mata, foram divulgados em workshop promovido pelo Sebrae Alagoas e FIEA. A atividade no ano passado contou com área total plantada de 18.700 hectares.


Tema

O resumo do corte em Alagoas é de um total de 175 hectares por mês, totalizando aproximadamente 60 mil metros estéreos. Considerando que cada caminhão comporta 30 metros estéreos, a previsão é de 2 mil caminhões de madeira por mês. Destes, menos de 10% são de madeira consumida pelo mercado local.


Carbono

Reduzir a emissão de carbono equivalente em 1,1 bilhão de toneladas no setor agropecuário é a meta definida pelo Plano Setorial de Adaptação e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária, chamado de ABC+, para o período de 2020 – 2030. O valor é sete vezes maior do que o plano definiu em sua primeira etapa na década passada.


Maior

Diversidade de produtos e cores compõem os 15 estandes dos grupos produtivos apoiados pelo Programa Alagoas Maior, da Sedetur, estarão expostos na 71ª Expoagro. Os grupos apoiados pelo Alagoas Maior estarão presentes nos dois fins de semana, nos dias 23 e 24 e nos dias 29 e 31. Ao todo, serão quinze estandes com 14 associações e cooperativas participando.


Agradecimento

A Unicafes/AL agradeceu ao Poder Legislativo pela aprovação do projeto de lei n°622/2021, de autoria do deputado Paulo Dantas (MDB) que dispões sobre a concessão de anistia, remissão e renegociação de dívidas de operações de crédito realizadas pela Desenvolve-AL, no âmbito de recursos do Fecoep aos agricultores familiares e as cooperativas nos seus diversos ramos de atuação.


Pandemia

O projeto de lei autoriza o governo do Estado a fazer a remissão das dívidas em função da crise enfrentada pelas cooperativas e agricultores familiares durante a pandemia. A anistia dos créditos poderá ser concedida de forma total, parcial ou através de renegociação das dívidas.


Pleito

A pauta, que foi levada ao Legislativo pela Federação Unicafes, deve impactar agricultores de diferentes cadeias produtivas de Alagoas. “A agricultura familiar foi bastante afetada com a paralisação dos setores durante a pandemia, provocando esse endividamento. Nosso agradecimento ao deputado Paulo Dantas, que acatou a demanda e conseguiu sensibilizar os seus pares com essa questão tão importante, que vai fornecer um alívio e renovar as esperanças do pequeno produtor”, afirma o presidente da Unicafes, Antonino Cardozo.


Expoagro

O Parque da Pecuária abre seus portões para a 71ª Expoagro Alagoas, a partir deste sábado, 23, e segue até o domingo, 31. São diversas atrações técnicas, encontros setoriais, julgamentos de várias raças e leilões. A Exposição, que conta com parceria da Organização Arnon de Mello, aposta na retomada da economia e vem focada nos negócios do agro.


Negócios

Pelos 81 mil metros quadrados do Parque vão passar 800 animais e desembarcar quase trinta empresas interessadas em marcar presença na maior vitrine da pecuária no Nordeste. Os estandes vão reunir produtos e serviços, marcas de insumos e nutrição animal, reprodução animal, derivados lácteos e Instituições como o Sebrae Alagoas e Secretarias de Estado. O evento deve movimentar cerca de R$20 milhões.

Mais matérias desta edição