Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5715
.

CONFIRA OS DESTAQUES DA ECONOMIA ALAGOANA #MA16042024

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 16/04/2024

Matéria atualizada em 16/04/2024 às 04h00

 Tlim, tlim!

Pelo décimo quarto mês consecutivo, a Secretaria da Fazenda de Alagoas fechou a arrecadação de ICMS em alta, superando a inflação. Em março, alcançou-se um novo recorde para o mês, com o terceiro melhor resultado da série histórica.

Resultado:

A Sefaz divulgou o resultado da arrecadação de março de 2024. No mês passado, o ICMS (mais Fecoep) fechou em R$ 686,6 milhões, representando um aumento de 29,23% em comparação com o volume arrecadado (R$ 531,3 milhões) no mesmo período do ano anterior.

Novo patamar:

Até agosto de 2023, a receita de ICMS ficou abaixo da casa dos R$ 600 milhões. Desde setembro, o valor arrecadado mensalmente ultrapassou esse patamar, indicando uma recuperação da receita estadual. Entre junho de 2022 e julho de 2023, Alagoas registrou receitas mais baixas devido a mudanças na tributação do ICMS dos combustíveis (LC 192 e 194).

Estabilidade:

O superintendente da Receita Estadual, Kiko Suruagy, destaca que, assim como outros Estados, Alagoas se beneficia da economia nacional, que "está se estabilizando, com sinais claros de mercado de trabalho aquecido, inflação sob controle e resultados favoráveis de setores importantes, como o industrial, comercial e de serviços."

Arretado:

Segundo Kiko, no caso de Alagoas, o resultado se destaca "pela mudança na sistemática de fiscalização, onde prepondera o contribuinte arretado. Antes de qualquer autuação, há uma educação fiscal, uma orientação, uma oportunidade para a regularização sem nenhuma penalidade. Isso tem sido preponderante no relacionamento fisco-contribuinte, que tem dado excelentes resultados mês a mês."

Turismo:

Outro destaque positivo na arrecadação, segundo Kiko, é o turismo: "o trabalho feito pela Secretaria de Turismo para esta temporada injetou quase R$ 2 bilhões na economia alagoana. Foram mais de 1 milhão de turistas nesta temporada, que vai de dezembro de 2023 até março de 2024. Sem sombra de dúvidas, esse foi um dos maiores fatores."

Transversal:

"Lembrando que o turismo é uma economia transversal, que permeia diversos setores da economia e influencia diretamente nos resultados de nossa arrecadação", reforça Kiko.

Normalizando:

A secretária de Fazenda de Alagoas, Renata dos Santos, avalia que a "normalização" da receita de ICMS em Alagoas será sentida a partir de abril deste ano. "É importante lembrar que temos registrado altas percentuais expressivas nos últimos meses em função da base de comparação, que era baixa. A partir do próximo mês, teremos uma base mais próxima para fazer uma comparação mais realista", aponta.

Conect

A Unicafes-AL lançou neste domingo, 14, o projeto Conect Coop, em evento realizado em Palmeira dos Índios. O programa visa estimular o processo de intercooperação entre as cooperativas da agricultura familiar pertencentes à base da Federação alagoana.

Intercooperação

O pontapé para a concretização do projeto foi dado com a celebração do termo de intercooperação entre a Cooperativa Agropecuária Regional de Palmeira dos Índios (Carpil) e a Cooperativa dos Agricultores Familiares e dos Empreendimentos Solidários de Piaçabuçu (Coopaiba).

Termo

O termo prevê a transferência de tecnologias educacionais, de economia solidária e da subvenção do diesel. Na outra ponta, mais conhecimento em assistência técnica para auxiliar a assistência técnica para os agricultores de Piaçabuçu, na COOPAIBA.

Começou

A Associação dos Criadores de Alagoas (ACA) deu início nesta segunda-feira, 15, oficialmente, a mais uma edição da Expoalagoas Genética, exposição de cunho técnico e voltada para criadores, estudantes e profissionais do setor. O evento, que vai até o próximo domingo, 21, já está recebendo os animais no Parque da Pecuária, em Maceió/AL.

Foco

O presidente da ACA, Domicio Silva, aposta na realização de uma edição focada no fortalecimento da pecuária. A expectativa é que a exposição receba cerca de 500 animais, que vão participar da programação de julgamentos e comercial com os leilões Santa Nazaré, Nelore Santa Catarina e o Leilão Genética de Berço.

Fortalecendo

Com a Exposição fortalecida, o mercado local ganha novos estímulos. “O propósito maior é esse: priorizar o criador, trazendo eles para o parque, dando condições adequadas para participar do evento. Isso tem sido um diferencial da exposição", explica o presidente da ACA, Domício Silva.

Expectativa

Renovada e cada vez mais focada nas demandas da pecuária, a Expoalagoas Genética deve aquecer os negócios da pecuária de leite e de corte com a expectativa de atingir cerca de R$ 5 milhões em negócios com a venda de animais, investimento em material genético, produtos, serviços e em aquisição de crédito.

Lançamento

O governo anunciou, nesta segunda-feira, o lançamento do programa Terra da Gente, que define as "prateleiras" de terras disponíveis no país para assentar famílias que querem viver e trabalhar no campo.

Reforma

Na prática, trata-se de uma nova estratégia da gestão petista para "ampliar e dar agilidade" à reforma agrária. Com o programa, a promessa da gestão petista é incluir 295 mil famílias, de 2023 a 2026, no Programa Nacional de Reforma Agrária, sendo 74 mil assentadas e 221 mil reconhecidas ou regularizadas em lotes de assentamentos existentes.

Arroz

Os preços mundiais do arroz caíram em média 1,5% em março, sendo que a queda foi mais acentuada no fim do mês devido à chegada da segunda safra nos principais países exportadores asiáticos.

Índice

Segundo o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad) da França, o índice Osiriz/InfoRice caiu 5,6 pontos em março, para 295,4 pontos (base 100=janeiro de 2000).

Mais matérias desta edição