Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Política

MARCO TEMPORAL TEM JULGAMENTO SUSPENSO

.

Por Folhapress | Edição do dia 16/09/2021

Matéria atualizada em 15/09/2021 às 21h21

Brasília, DF - O ministro Kassio Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou para reafirmar o marco temporal na demarcação de terras indígenas, em um posicionamento que se alinha aos interesses do Palácio do Planalto. Kassio foi indicado à corte pelo presidente Jair Bolsonaro. Após o voto de Kassio, o ministro Alexandre de Moraes, alvo de ataques de Bolsonaro nas últimas semanas, pediu vista. O placar está em 1 a 1 até este momento. O tribunal retomou nesta quarta-feira (15) o julgamento da matéria, com a continuação dos votos dos ministros. Sessões anteriores foram reservadas para as intervenções das partes interessadas, incluindo a União, o Ministério Público Federal e entidades que atuam na defesa dos povos indígenas. Na abertura dos trabalhos, em celebração ao Dia da Democracia, celebrado nesta quarta, a ministra Rosa Weber disse que é preciso reafirmar a fé no regime democrático frente aos “mares revoltos em que temos navegado”.

Mais matérias desta edição