Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5653
Política

PREFEITURA DE MACEIÓ PREVÊ INVESTIR R$ 1,2 BI ESTE ANO

Parte dos recursos será aplicada em obras de mobilidade urbana e melhoria no tráfego da Fernandes Lima

Por Marcos Rodrigues | Edição do dia 10/02/2024

Matéria atualizada em 10/02/2024 às 04h00

O ajuste fiscal feito pelo município de Maceió, com corte de gastos, equilíbrio financeiro e reforma administrativa, com aumento da arrecadação, criou condições ideais para o crescimento da cidade. A avaliação é do secretário municipal da Fazenda, o economista João Felipe Borges.

Segundo ele, até o momento, somados os últimos três anos, o municípioo já investiu R$ 1 bilhão.

“Saímos das últimas posições do ranking brasileiro de investimentos, em que ficávamos entre o último e antepenúltimo lugar, entre 2017 e 2020, para o segundo lugar em 2023, comparado com outras cidades brasileiras na relação investimento versus receita corrente líquida”, detalhou Borges.

Ao destacar onde os recursos foram investidos, o secretário citou obras de pavimentação, contenção de encostas, contenção do avanço do mar na orla marítima, praças e parques.

Segundo explicou, os investimentos públicos são os que mais movimentam a economia e acabam por impulsioná-la para o crescimento.

“Os reflexos positivos acabam se refletindo em números. Um deles indica que a capital, por exemplo, foi responsável pela geração de 60% dos empregos no Estado”, destacou.

Borges ressaltou que, para este ano, o foco será o mesmo, com destaque para projetos de mobilidade, já que a cidade enfrenta o desafio de criar alternativas após o transtorno causado com o afundamento de quatro bairros, provocado pela ação da mineradora Braskem.

“Nós temos uma previsão, para este ano, de um investimento de R$ 1,2 bilhão. Só para se ter noção, nós tivemos um recorde, com o investimento de R$ 1 bi em três anos e agora ampliamos a nossa previsão orçamentária. E parte desses recursos é sim para a mobilidade urbana e resolver o problema da Avenida Fernandes Lima. O governo está estudando essa questão”.

Segundo o secretário, no momento essa é uma das prioridades para criar condições de fluidez no trânsito e tornar a cidade mais dinâmica. Conforme sua análise, isso também é bom para a economia, porque ajuda a valorizar áreas para investimentos e, principalmente, atrair consumidores para esses locais.

COMPROMISSO

Mesmo focado nos números, Borges reconheceu que a ação política da Câmara de Vereadores acabou criando o cenário ideal para os investimentos. Tudo porque muitas das ações precisavam de segurança jurídica para serem realizadas, e isso só foi possível por causa do compromisso do parlamento municipal com o desenvolvimento da cidade.

“Todos esses orçamentos e os avanços foram resultado de uma relação produtiva com a Câmara Municipal. Apesar da independência e sua autonomia, existe uma parceria em benefício da cidade”, afirmou Borges. “Todos os orçamentos que nos fazem bater recordes foram encaminhados para a Casa, discutidos e aprovados pelos vereadores”.

Mais matérias desta edição