Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 5749
TRE-AL

JUIZ SÓSTENES ANDRADE É EMPOSSADO COMO DESEMBARGADOR ELEITORAL

Magistrado destacou importância da democracia e necessidade de combater a disseminação de fake news

Por | Edição do dia 09/07/2024

Matéria atualizada em 09/07/2024 às 04h00

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) se reforçou com a chegada do desembargador eleitoral Sóstenes Andrade. Empossado numa concorrida solenidade, na tarde de ontem, ele substitui a desembargadora Silvana Omena, a quem elogiou por sua qualidade no exercício do cargo. Magistrado de carreira com quase 30 de experiência, ele chega à corte eleitoral após ter comandado dezenas de pleitos como juiz.

Sóstenes agradeceu a confiança do Tribunal de Justiça que o indicou para a função e prometeu dedicação, imparcialidade e coragem para enfrentar as notícias falsas que, em sua avaliação, prejudicam a democracia.

“A democracia é um dos maiores patrimônios da nossa sociedade. E dentro desse sistema, o direito eleitoral exerce um papel fundamental. É o alicerce que sustenta a legitimidade dos processos eleitorais, garantindo que a vontade dos eleitores seja respeitada e que o exercício do poder seja realizado de acordo com a vontade popular soberana expressa nas urnas”, destacou o magistrado.

O novo desembargador afirmou que chega ao TRE para contribuir juntamente com os demais colegas de pleno no combate às informações falsas. Com base na legislação, ele disse acreditar que será capaz, com dedicação e comprometimento, de garantir paz ao pleito eleitoral e tranquilidade para os cidadãos.

“A disseminação de fake news tornou-se uma ameaça real aos processos eleitorais. A propagação de informações falsas pode influenciar indevidamente a opinião pública e compromete a lisura dos pleitos. Combatê-las é uma tarefa complexa e requer uma ação coordenada e o engajamento da sociedade”, ressaltou Sóstenes. “O papel da Justiça Eleitoral é crucial nesse contexto para assegurar que a informação correta prevaleça para os eleitores tomar suas de maneira informada e consciente”.

Ele também apontou que a Inteligência Artificial “como ferramenta” poderá ajudar no combate às notícias falsas na identificação de padrões de comportamentos suspeitos, análise de dados e automação de processos para aumentar a precisão da Justiça Eleitoral.

APOIO

Segundo o Presidente do Tribunal de Justiça, Fernando Tourinho, a chegada do desembargador Sóstenes Andrade vai contribuir para somar esforços na condução do pleito. Conforme lembrou, o número de demandas judiciais no período pré-eleitoral em que ocorrem os registros das candidaturas já exige muita dedicação dos desembargadores.

“A chegada do desembargador Sóstenes nesta fase representa uma importante contribuição para o processo eleitoral. Isso porque, mesmo na fase pré-eleitoral, durante o registro de candidatura, já ocorrem muitas demandas que precisam de análises com agilidade”, lembrou Tourinho.

De acordo com o presidente do TJAL a trajetória de Sóstenes ajudou a construir o perfil necessário para a atual função. Ele lembrou que em todos os cargos que teve a oportunidade de ocupar, o novo desembargador prestou um bom trabalho. “A prova de que o TJ apoia sua indicação é a presença maciça de muitos de nossos servidores e alguns desembargadores”, enalteceu Tourinho.

Ao final da solenidade de posse, o presidente do TRE, desembargador Kléver Loureiro, conversou com a imprensa. Ele também ressaltou não ter dúvidas da competência e dedicação do novo desembargador.

“O desembargador eleitoral chega para contribuir com o TRE e se juntar aos demais pares com uma bagagem muito grande. Ele foi durante muito tempo juiz eleitoral de 1° grau e com essa experiência vai nos ajudar bastante, pois estamos diante de mais uma eleição municipal”, lembrou Klever.

Mais matérias desta edição