Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Rural

VITRINE (09 e 10/01/2021)

Herbicidas requer uso inteligente

Por Editoria do Gazeta Rural | Edição do dia 09/01/2021

Matéria atualizada em 08/01/2021 às 22h42

| Divulgação

A utilização de herbicidas nas pastagens de forma inteligente requer cuidados para que ele aconteça de forma eficaz e com baixo custo. Para André Sório, consultor do Programa Mais Pasto, do Senar/AL, mais importante do que utilizar herbicidas é permitir que o pasto cresça e seja uma planta de grande capacidade de competição no ambiente. “Nós devemos usar o herbicida para corrigir eventuais desequilíbrios no manejo, na utilização do pasto, mas esta não pode ser uma prática rotineira nas mesmas áreas, da mesma propriedade. Se isso estiver acontecendo, há um indicativo muito forte de que a utilização dos pastos está sendo feita de forma inadequada”, ressalta. Sório explica que a utilização de herbicidas passa, primeiro, pela descoberta ou pelo entendimento de qual herbicida, com o menor custo, terá impacto sobre as principais plantas competidoras que estiverem no pasto. “Depois é preciso fazer um pastejo prévio na área, de maneira que se elimine o efeito guarda-chuva que as gramíneas podem provocar sobre as plantas que estamos querendo combater. Quando nós eliminamos o pasto, deixamos a planta daninha exposta e o herbicida tem mais facilidade para atingir o alvo”, disse.

Mais matérias desta edição